Covid-19: subsecretário admite possibilidade de aumento de cidades com risco alto - ES360

Covid-19: subsecretário admite possibilidade de aumento de cidades com risco alto

Segundo Luiz Carlos Reblin, se números de contaminações, internações e óbitos continuarem subindo o Mapa de Risco será alterado

Com apenas Mantenópolis, na região Noroeste do Estado, classificada sob risco alto de transmissão do novo coronavírus nas últimas 12 semanas, o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, não descarta a possibilidade de novas cidades serem incluídas nessa lista.

De acordo com ele, três fatores serão determinantes para essa decisão. “Se houver continuidade da contaminação, internações e infelizmente dos óbitos, caminhamos para o risco alto”, disse.

Nesta terça-feira (8), os números da covid bateram um novo recorde. De acordo com as informações do Painel Covid-19, foram registrados 2.418 novos casos de coronavírus, número superior àquele observado no auge da pandemia, em meados de julho. No total, já são 204.565 infectados e 4.455 mortes em decorrência da doença em todo o Espírito Santo.

“O que nos resta nesse momento é seguir nosso Mapa de Risco. Na medida que o risco aumenta, vamos restringindo algumas atividades. E no risco alto as atividades terão restrições. Muita delas irão diminuir seus horários e algumas até serão suspensas”, afirmou Reblin.

Evolução do Mapa de Risco nas últimas semanas. Foto: Reprodução
Evolução do Mapa de Risco nas últimas semanas. Foto: Reprodução

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Espírito Santo pode registrar mais de 450 mortes por covid-19 em janeiro

Dia a dia

Prefeituras da Grande Vitória decidem não voltar com aulas presenciais em fevereiro

Dinheiro

Bolsonaro desafia Doria a zerar imposto sobre combustível

País

Bolsonaro chama Doria de ‘moleque’ e diz que ele e Maia querem sua cadeira para ‘roubar’