Covid-19: Espírito Santo tem 12 óbitos e 1.175 casos em 24 horas - ES360

Covid-19: Espírito Santo tem 12 óbitos e 1.175 casos em 24 horas

O número de pacientes curados também aumentou no estado; ao todo, 299.664 pessoas conseguiram vencer a batalha contra o coronavírus

Coronavírus. Foto: Pixabay
Coronavírus. Foto: Pixabay

 

O Espírito Santo registrou, nas últimas 24 horas, 12 mortes em decorrência do novo coronavírus. O total de óbitos subiu para 6.276. A taxa de letalidade neste domingo (21) se manteve em 2%. Os dados foram atualizados no Painel Covid-19 pela Secretaria de Estado da Saúde.

No total são 317.739 casos confirmados da doença causada pelo novo coronavírus. O Painel Covid-19 mostra que, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.175 novos casos. O número de pacientes curados também aumentou no Espírito Santo. Ao todo, 299.664 pessoas conseguiram vencer a batalha contra o coronavírus.

O município de Vila Velha, com 41.430 registros, mantém o maior número de moradores diagnosticados com covid-19 desde o início da pandemia. Em seguida, estão Serra (40.072), Vitória (35.044), Cariacica (25.060) e Cachoeiro de Itapemirim (16.849). Se considerada a quantidade de vítimas, a ordem dos municípios mais afetados fica sendo: Vila Velha (836), Serra (752), Cariacica (712), Vitória (687) e Cachoeiro de Itapemirim (328).

Jardim Camburi, em Vitória, continua sendo o bairro com maior número de infecções, com 5.305 notificações. A Praia da Costa, em Vila Velha, tem 4.660 casos, seguida por Jardim da Penha, na capital, com 3.106. A Praia de Itaparica, no município canela-verde, tem 2.617 notificações e Praia do Canto, em Vitória, segue na quinta posição com 2.323 positivos.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

​Cadela atropelada em Vila Velha é resgatada

Política

Governadores se articulam para comprar vacinas em conjunto

Dia a dia

Alunos da rede estadual serão avaliados até o próximo dia 14

País

Bolsonaro volta a defender hidroxicloroquina contra covid