Congresso confirma vitória de Biden após ataque de extremistas pró-Trump ao Capitólio - ES360

Congresso confirma vitória de Biden após ataque de extremistas pró-Trump ao Capitólio

Em sessão conjunta, Câmara e Senado confirmaram o resultado apresentado pelo colégio eleitoral, cumprindo última formalidade para a condução de Joe Biden à Casa Branca

O Congresso dos Estados Unidos ratificou nesta quinta-feira, 7, a vitória do democrata Joe Biden na eleição presidencial no ano passado. Em uma sessão que se estendeu por toda a madrugada, retomada após a invasão do Capitólio por extremistas pró-Trump, os parlamentares confirmaram os resultados apresentados pelo colégio eleitoral e formalizaram a vitória da chapa Biden-Harris.

Com a confirmação do resultado apresentado pelos Estados – que apontou vitória da chapa democrata com 306 delegados conquistados -, não há mais nenhum obstáculo formal no caminho de Biden até a Casa Branca. A data da posse do novo presidente e de sua vice, Kamala Harris, está prevista para o dia 20 de janeiro.

A sessão que confirmou o resultado das eleições, contudo, passou longe de ser o ato simbólico que costuma ser. Na quarta-feira, 6, os trabalhos foram suspensos após extremistas pró-Trump invadirem o Capitólio para impedir a validação do resultado eleitoral. Quatro pessoas morreram e 52 foram presas em meio ao caos promovido pelos vândalos.

Cerca de duas horas depois de as autoridades terem conseguido limpar o Capitólio e seus arredores, o presidente da sessão conjunta, o vice-presidente Mike Pence, autorizou a retomada dos trabalhos pelas duas casas do Congresso, para a continuidade do processo de ratificação do resultado das eleições.

O trabalho legislativo, contudo, também não foi simples, com a nova sessão durando mais de sete horas devido ao debate em ambas as casas sobre duas objeções ao resultado das eleições na Pensilvânia e no Arizona, ambas apresentadas por aliados de Trump.

Com a rejeição das objeções nas duas Casas, a sessão conjunta foi novamente retomada, já na manhã desta quinta, 7. Sem nenhuma nova objeção, os parlamentares validaram o resultado apresentado por mais de dez Estados em um curto espaço de tempo, confirmando a vitória da chapa democrata./Com informações da EFE

Com agências internacionais


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Mundo

Bolsonaro envia carta a Biden e fala em parceria por proteção ao meio ambiente

Dia a dia

Casagrande: 70 mil doses da Coronavac devem chegar ao ES no início de fevereiro

Mundo

Em discurso como presidente, Biden pede união nacional e alerta para a covid-19

Mundo

Biden promete derrotar ‘terrorismo doméstico’ e ‘supremacismo branco’