Como o "filtro bolha" afeta as relações nas redes sociais - ES360

Como o “filtro bolha” afeta as relações nas redes sociais

Na coluna Vidas Digitais, Bia Willcox conversa sobre como um ambiente apenas com opiniões convergentes altera o comportamento social

Aceitar ou não uma convivência é uma possibilidade garantida pelas plataformas nas redes sociais. Por meio da confirmação da solicitação de amizade no Facebook e no Instagram, por exemplo, os usuários conseguem filtrar quem são as pessoas com quem trocará mensagens e quais tipos de publicação irá visualizar.

Embora isso seja cômodo na questão da personalização do conteúdo, essa aplicação cria um efeito nocivo para a percepção do mundo, se levarmos em conta que o ambiente virtual é hoje um meio massivamente utilizado para obter informação, inclusive com ausência de critérios para determinar fontes.

Na coluna Vidas Digitais desta sexta-feira (11), na BandNews FM Espírito Santo, a comentarista Bia Willcox conversa sobre os efeitos que o chamado “filtro bolha”, ou seja, a criação de um ambiente onde há apenas opiniões convergentes, traz para o comportamento social.

Como dizem os americanos, visto diferentes chapéus. Sou multitarefas e não saberia ser de outra forma. Sou advogada, professora, escritora... Um dos assuntos que mais me intriga e me faz refletir é o das nossas vidas online, a realidade digital em que vivemos hoje. Adoro conversar sobre o assunto, trocar ideias e escutar. Portanto, esse espaço não é meu. É nosso, pois falar sozinha não tem a menor graça! Entre, fique, concorde, discorde. Essa é a mágica do diálogo que vai nos ajudar a enfrentar com mais sabedoria e humor questões do nosso dia a dia nesse mundo dos celulares e computadores que já fazem parte do mundo real.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Comentários:

  • Confesso que tenho feito isso, para me poupar de mensagens que considero insanas. Pode não ser o ideal, mas tem um bom efeito psicológico.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas
NATAL INTERNET

A emoção mediada pelas redes sociais nas festas de final de ano

Bia Willcox conversa sobre as possibilidades de manter as relações mesmo com a distância e fala sobre a proximidade a partir dos aplicativos

São Paulo terá réveillon virtual; Nordeste cancela festas badaladas de ano-novo em praias. Foto: Pixabay

O que é possível tirar de bom de 2020?

Na coluna Vidas Digitais, Bia Willcox conversa sobre o que teve de bom em 2020 e quais aprendizados são possíveis se tirar das dificuldades

INSTAGRAM

Fotos nas redes sociais: natural ou com filtro?

A comentarista Bia Willcox conversa sobre o uso cada vez mais frequente desse recurso e o que ele representa para a autoestima das pessoas

USO CELULAR

Ter cuidado com a privacidade na internet é fundamental

Na coluna Vidas Digitais, a comentarista Bia Willcox conversa sobre a privacidade nas redes sociais e como a exposição pode trazer prejuízos

ESTUPRO-TIB

O perigo de uma notícia mal interpretada

Na coluna Vidas Digitais, a comentarista Bia Willcox conversa sobre a explosão que o termo "estupro culposo" provocou nas redes sociais

Os oito crimes eletrônicos mais praticados ao longo de 2019. Foto: Biljana Jovanovic/Pixabay

Os cuidados com as senhas no ambiente virtual

Na coluna Vidas Digitais, a comentarista Bia Willcox fala sobre os cuidados necessário para manter um uso seguro do ambiente virtual