Com gol de pênalti, Vasco supera Fortaleza e volta a vencer no Brasileirão - ES360

Com gol de pênalti, Vasco supera Fortaleza e volta a vencer no Brasileirão

Vitória dá ao Vasco um respiro na luta pelo rebaixamento. A equipe carioca sobe para o 12º lugar, com 31 pontos, abrindo seis do CSA, primeiro time dentro da zona da degola

Aos 33 minutos do segundo tempo, o atacante carioca Talles Magno presenteou a torcida com uma lambreta que causou a expulsão de Gabriel Dias. Foto: Rafael Ribeiro/Vasco
Aos 33 minutos do segundo tempo, o atacante carioca Talles Magno presenteou a torcida com uma lambreta que causou a expulsão de Gabriel Dias. Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Depois de dois tropeços seguidos, o Vasco voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, o time carioca se afastou de vez da zona de rebaixamento ao derrotar o Fortaleza por 1 a 0, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 25ª rodada. O gol da partida foi marcado por Yago Pikachu, em cobrança de pênalti.

Com o resultado, o Vasco deu um respiro na luta pelo rebaixamento e ao saltar para o 12º lugar, com 31 pontos, abrindo seis do CSA, primeiro time dentro da zona da degola. O Fortaleza, por outro lado, segue estacionado no 15º posto, com 28.

O Vasco entrou com uma escalação mais ofensiva, com quatro homens de frente. A ideia foi dar liberdade para Talles Magno. Quem acabou criando a primeira chance de gol foi outro jovem: Marrony. Escalado na armação, ele apareceu de surpresa, aos nove minutos, para completar bola viva dentro da área e obrigou Marcelo Boeck a fazer grande defesa.

O time carioca teve iniciativa, se movimentou bem, mas não conseguiu mais criar. O calor e a postura do Fortaleza, de aproveitar o tempo que esteve com a bola, travaram o duelo e deixaram o jogo parelho. Com isto, o equilíbrio predominou até o final da primeira etapa. O Vasco acabou indo para o vestiário sob vaias.

Para tentar ganhar mais chegada à frente, o time carioca voltou com duas mudanças no segundo tempo. Felipe Ferreira e Fellipe Bastos entraram nas vagas de Ribamar e Andrey. Desta forma, Marrony virou centroavante e o time passou a ter um organizador de jogadas no meio. As trocas funcionaram e Rossi carimbou o travessão de Marcelo Boeck logo aos nove minutos. Não tudo deu certo, no entanto, pois o Fortaleza também acertou a trave com André Luiz em resposta.

Apesar do susto, o Vasco seguia melhor, criando oportunidades e levando perigo. Primeiro, Felipe Ferreira carimbou a trave do Fortaleza em cobrança de falta, em seguida Rossi obrigou Boeck a fazer grande defesa em finalização cruzada à queima-roupa.

De tanto insistir, o Vasco conseguiu marcar aos 22 minutos. Em meio à pressão, Castán foi para a área e acabou derrubado em disputa pelo alto: pênalti. Na cobrança, Yago Pikachu venceu Marcelo Boeck e marcou.

O jogo parecia controlado para o Vasco, que não deixou de atacar, apostando na velocidade dos homens de frente. Desta forma, Talles Magno começou a aparecer mais para o jogo e levou a melhor sobre a defesa cearense. Numa das escapadas, o jovem deu lindo drible em Gabriel Dias, que apelou para a falta. Como tinha cartão, o lateral do Fortaleza acabou expulso, deixando o time com dez jogadores.

Mesmo com o jogo teoricamente controlado, o time carioca ainda tomou um susto nos minutos finais. Em bola viva dentro da área, Paulão desviou livre, mas Fernando Miguel fez a defesa.

O Vasco volta a campo para o clássico contra o Botafogo, na próxima quarta-feira, às 21h30, novamente em São Januário, no Rio de Janeiro. Um pouco mais cedo, às 20 horas, o Fortaleza recebe o líder Flamengo, na Arena Castelão.

Estadão Conteúdo

Mais notícias
Dinheiro

Espírito Santo terá loteria estadual até julho

Dia a dia

Mais de 117 mil pessoas receberam 1ª dose da vacina no ES

Dia a dia

Saiba como funciona bafômetro que identifica álcool no ar

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência