Chuva deixa Defesas Civis em alerta em todo o Espírito Santo - ES360

Chuva deixa Defesas Civis em alerta em todo o Espírito Santo

Em Muniz Freire, a água invadiu as casas, obrigando a população a buscar abrigo em locais elevados. Seis pessoas estão desalojadas em todo o estado

Ruas alagadas em Muniz Freire, na região do Caparaó. Foto: Reprodução
Ruas alagadas em Muniz Freire, na região do Caparaó. Foto: Reprodução

A forte chuva que atinge o Espírito Santo desde a tarde desta quarta-feira (9) já provoca alagamentos por todo o estado e deixa em alerta as equipes das Defesas Civis Municipais e Estadual.

Em Muniz Freire, na região do Caparaó, a água atingiu o nível das janelas das casas, obrigando a população a procurar por abrigos elevados. Em vídeos compartilhados nas redes sociais, a população lamenta o cenário. “Que tristeza, gente. Começou a chover, mas muito mesmo. Que tristeza”, disse uma moradora que se refugiava no segundo andar de uma das casas.

“A negócio aqui está feio, a água está perto da janela. Está começando a entrar aqui dentro de casa”, disse outro morador da cidade que teve a imóvel tomado pela água.

Em Castelo, na região Sul, uma da Defesa Civil Municipal percorre a cidade com um aviso sonoro alertando a população sobre os riscos da chuva.

Por volta das 10h, o órgão emitiu um comunicado oficial em suas redes sociais sobre as enchentes na cidade e orientou os moradores a buscarem abrigos. “Deus nos proteja”.

Outras ocorrências

Ainda nesta quarta-feira, pelo menos cinco ocorrências foram registras em todo o Espírito Santo. Na Grande Vitória, houve o desabamento de um muro e de uma marquise no bairro Alzira Ramos, em Cariacica; além da queda de um muro de uma casa em Nova Carapina I, na Serra.

No interior, houve queda total de energia na cidade de Jerônimo Monteiro. Em Colatina, o muro de uma casa desabou no bairro Perpétuo; e um árvore impediu o trânsito de uma via do bairro Gilberto Machado, em Cachoeiro de Itapemirim.

Já nesta quinta, quedas de árvores foram registradas em Castelo. Em Alegre, uma casa ficai alagada. Em Divino de São Lourenço, houve o deslizamento de terra interditando a via de acesso ao Córrego do Paiou. Já em Mimoso do Sul, a comunidade Paraíso está interditada devido a queda parcial da estrada da região.

No total, oito pessoas estão desalojadas em todo o Espírito Santo, duas em Cariacica e seis em Ibiraçu.

Acumulado de chuvas

De acordo com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, Serra foi o município com o maior acumulado de chuvas entre as 11h de quarta e as 11h desta quinta-feira. Choveu na cidade 14,48mm. Na sequência está Ibiraçu, com 128,29mm; e Fundão, com 118,46mm. Confira a lista completa:

Serra: 148.80mm
Ibiraçu: 145.96mm
Irupi: 137.00mm
Iúna: 135.80mm
Fundão: 122.39mm
Ibatiba: 109.00mm
Venda Nova do Imigrante: 101.00mm
Vargem Alta: 99.40mm
Anchieta: 89.80mm
Rio Novo do Sul: 83.40mm
Cachoeiro de Itapemirim: 82.50mm
Vila Velha: 81.15mm
Cariacica: 80.18mm
Atilio Vivacqua: 80.00mm
Castelo: 79.35mm
Viana: 75.00mm
Conceição do Castelo: 74.80mm
João Neiva: 70.89mm
Aracruz: 70.14mm
Alfredo Chaves: 68.80mm
Guaçuí: 65.82mm
Itaguaçu: 59.66mm
Afonso Claudio: 57.98mm
Santa Teresa: 57.78mm


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES recebe neste domingo 35,5 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca

Dia a dia

VÍDEO: enfermeira do ES debocha da vacina nas redes socias

Dia a dia

ES registra 24 mortes e 858 novos casos de covid-19 em 24h

País

Começa a distribuição das doses de vacina AstraZeneca/Oxford para Estados