China libera insumos para mais 8,7 milhões de doses da Coronavac, diz Doria - ES360

China libera insumos para mais 8,7 milhões de doses da Coronavac, diz Doria

De acordo com Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, as doses começarão a ser distribuídas a partir de 25 de fevereiro até a primeira quinzena de março

Butantan diz que terá de exportar 54 milhões de doses de vacina se Saúde não indicar compra. Foto: Governo do Estado de São Paulo
China libera insumos para mais 8,7 milhões de doses da Coronavac, diz Doria. Foto: Governo do Estado de São Paulo

A China liberou a exportação de 5,6 mil litros de insumos para a Coronavac, vacina contra a covid-19 desenvolvida pela farmacêutica Sinovac em parceira com o Instituto Butantan, de acordo com anúncio do governador de São Paulo, João Doria (PSDB) nesta segunda-feira, 1º. O volume é suficiente para a aplicação de 8,7 milhões de doses do imunizante.

A vacina tem chegada prevista para 10 de fevereiro. De acordo com Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, as doses começarão a ser distribuídas a partir de 25 de fevereiro até a primeira quinzena de março. A expectativa é liberar até 600 mil vacinas por dia.

Além disso, uma nova remessa de 5,4 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) da farmacêutica Sinovac deve chegar na quarta-feira em Campinas, segundo Doria. O material permite a produção de 8,6 milhões de doses da vacina, o que será feito pelo Instituto Butantan.

Ao todo, com os contratos já firmados, o governo e o Instituto Butantan esperam receber o equivalente a 17,3 milhões de doses em insumos para produção da Coronavac.

Até as 12h25 desta segunda, o estado tinha 417.494 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina contra a covid-19. Sobre a vacinação de idosos, Doria disse que 587 mil doses serão destinadas à primeira etapa, com início em 8 de fevereiro. As vacinas serão enviadas a todas as regiões até quarta-feira, 3, com foco inicial nas pessoas com mais 90 anos e, “na sequência”, aquelas com 85 anos ou mais.

De acordo com o governo, espera-se que a vacinação da população idosa de 80 a 84 anos comece no fim de fevereiro. “Muito em breve anunciaremos novas etapas de vacinação.”

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Secretários de Saúde defendem toque de recolher nacional

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência

Dia a dia

ES registra o menor número de assassinatos desde 1996

Dia a dia

Capixabas já podem emitir nova carteira de identidade