Cesan deve abrir processo seletivo até dezembro - ES360

Cesan deve abrir processo seletivo até dezembro

O número total de vagas ainda não foi divulgado, mas a remuneração inicial será a partir de R$ 1.825,30

Estação de esgoto da Cesan. Foto: Divulgação/Cesan

A Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) deve abrir processo seletivo para contratar novos funcionários de nível médio e técnico. O número de vagas e as etapas ainda serão definidos e vão constar do edital, que está em fase de elaboração e é previsto para ser publicado ainda neste ano.

Serão oportunidades para os cargos de Assistente de Saneamento e Gestão e Operador de Saneamento, para profissionais que possuem ensino médio completo, e Técnico de Saneamento e Gestão ( Técnico de Edificações), destinado a pessoas com cursos de nível técnico. A remuneração inicial será de R$ 1.825,30.

A banca organizadora da seleção será do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib), segundo divulgado no Diário Oficial no último dia 3 de julho. De acordo com a publicação, esse novo processo seletivo tem como principal objetivo “a realização de estudos de projetos, execução de obras de novas instalações e ampliação de redes, manutenção e comercialização dos serviços relacionados aos resíduos sólidos e ao meio ambiente”.

O último concurso da Cesan aconteceu em 2018 e ofertou seis vagas para cargos de nível médio/técnico nas áreas de Operador de Saneamento e Técnico de Saneamento e Gestão. Os salários variaram entre R$ 1.692,65 e R$ 3.156,58, a depender do cargo. Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva e teste de aptidão física.

Atualmente, a carga horária semanal de trabalho na companhia é de 44h para todas as funções.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Auxílio emergencial está contido em 2020 e não passará para 2021, diz secretário

País

‘Bolsonaro comete ato criminoso’, diz João Doria sobre vacina

Natureza

PF: o que destrói a Amazônia é, sobretudo, grilagem e extração de madeira

Política

‘Quando o chefe decide, o subordinado cumpre’, diz Bolsonaro sobre Pazuello