Cervejaria Backer continua interditada e produto é descartado - ES360

Cervejaria Backer continua interditada e produto é descartado

Os produtos em que não foram detectados contaminantes serão destilados, pela empresa, para a obtenção de álcool

A cervejaria Backer continua interditada até que seja possível afirmar que não há riscos para a produção de bebidas no local. As informações são do Ministério da Agricultura. Auditores fiscais federais agropecuários do ministério estiveram na tarde desta terça-feira (28) na cervejaria para autorizar o descarte da cerveja apreendida nos tanques da fábrica.

> Polícia mineira descarta hipótese de sabotagem na fábrica da Backer

Conforme o ministério, os lacres dos tanques foram retirados e os produtos em que não foram detectados contaminantes tiveram liberação, a pedido da empresa, que vai destilar a cerveja para a obtenção de álcool. Já os produtos contaminados serão eliminados por uma empresa especializada contratada para fazer a coleta e destinação desses resíduos.

> Credor pede falência da cervejaria Backer

O ministério ressalta que a apuração administrativa da contaminação continua em curso, apesar das dificuldades impostas pela pandemia de covid-19.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Banestes tem lucro de R$ 83 milhões no primeiro trimestre

Dia a dia

Setor de vestuário amarga queda de 94% nas vendas no ES

Dia a dia

ES registra 22 mortos por coronavírus em 24h

Dia a dia

Covid-19: Casagrande e a primeira-dama passam bem