Cerveja sem álcool, será que essa tendência pega? - ES360

Cerveja sem álcool, será que essa tendência pega?

Heineken vai lançar nos próximos meses a cerveja 0.0, de rótulo azul. Foto: Divulgação
Heineken vai lançar nos próximos meses a cerveja 0.0, de rótulo azul. Foto: Divulgação

O lançamento da Heineken 0.0% no Brasil nos próximos meses e abertura de um bar exclusivo para cervejas sem álcool da BrewDog em Londres no início do ano apontam um caminho de crescimento nesse setor AF, ou Alcohol Free, do mercado cervejeiro.

E a tendência é de investimento em variados estilos sem álcool e na manutenção do sabor, fugindo do lugar comum das lagers 0% mais antigas do mercado, para as quais muita gente torce o nariz.

A Heineken 0.0, por exemplo, foi lançada em 2017, na Holanda, acompanhando a tendência de crescimento do mercado. O gerente de marcas premium da Heineken Brasil Guilherme Retz, disse que a empresa notou um forte crescimento do segmento 0.0 na Europa e Rússia e ter tido bastante receptividade no novo produto nos mais de 50 países que foram lançados. “Estamos confiantes de que o segmento continuará ganhando importância, impulsionada por boas inovações no sabor”, disse.

A Heineken 0.0% tem 69 calorias por long neck, cerca de metade do produto regular. Assim, a zero álcool também se torna opção para quem quem ficar em forma mas não quer abrir mão da cerveja. “A Heineken 0.0 passa por um cuidadoso processo de remoção do álcool, que é realizado durante a fermentação da exclusiva levedura A. Sua receita é ajustada pelo mestre cervejeiro para garantir sabor e aroma ideais de forma a manter o DNA Heineken também na versão 0.0”, explica o gerente de marcas premium da Heineken Brasil Guilherme Retz.

No início de janeiro, a BrewDog inaugurou um bar em Londres só com opções de cervejas da marca sem álcool. No ano passado, já havia apresentado ao mercado a versão AF da icônica Punk IPA. São 15 torneiras de cervejas artesanais sem álcool, incluindo duas novidades, uma Stout e uma Hazy IPA.

BrewDog inaugurou no início de janeiro em Londres um bar onde só tem bebida sem álcool. Foto: Divulgação
BrewDog inaugurou no início de janeiro em Londres um bar onde só tem bebida sem álcool. Foto: Divulgação

Marcas brasileiras também têm investido nessa área, lançando cervejas sem álcool de variados estilos e famílias cervejeira. A mineira Wäls lançou a Session Free, uma cerveja lupulada (feita com Citra) sem álcool. A paulista Dádiva trouxe para o mercado no ano passado uma Golden Ale também sem álcool. E a Leuven oferece a Kingdom Fruit Beer e uma American Wheat Beer, com 0,5% de ABV.

O movimento é crescente também nas marcas criadas para produzir somente cervejas 0,5% de ABV, também consideradas sem álcool. Na Inglaterra, a Big Drop Brewing produz os estilos Sour, Stout, Pale Ale, Brown Ale, Citra IPA, entre outras. Já a Nirvana Brewery também é dedicada a fazer receitas sem álcool sem perder a criatividade, nos mais variados estilos.

Dry January

O lançamento do bar da BrewDog foi bem no início do Dry January (janeiro seco), um movimento da área de saúde do governo inglês em prol da abstenção de álcool por um mês. Aqui no Brasil, a adesão ao movimento no auge das férias de verão acaba ficando um pouco mais difícil, mas quem sabe em algum outro mês pega? Com cervejas sem álcool de qualidade e com sabor pode ficar mais fácil.

Leticia Orlandi é jornalista e entusiasta de cervejas artesanais. Escreve sobre histórias e sabores por trás de cada copo.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.

Mais Colunas