Célia Tavares promete diálogo progressista e quer modernizar a saúde em campanha do 2º turno - ES360

Célia Tavares promete diálogo progressista e quer modernizar a saúde em campanha do 2º turno

Em entrevista à rádio BandNews FM Espírito Santo a candidata do PT à prefeitura de Cariacica disse que quer modernizar atendimentos de saúde no município

A candidata à prefeitura de Cariacica Célia Tavares (PT), disse em entrevista para a BandNews FM, nesta segunda-feira, dia 16, que mantém aproximação com líderes progressistas do município, e que vai modernizar os processos de atendimento de saúde no município. A petista obteve 14,04% dos votos e disputará o segundo turno das eleições com Euclério Sampaio (DEM) que teve 18,81% dos votos válidos.

Célia afirmou que o resultado do primeiro turno foi “reflexo de uma campanha vibrante e de muito diálogo” com o povo da cidade. “Sou uma pessoa de muito diálogo. Nesse momento vamos continuar dialogando com o povo e as lideranças progressistas que querem mudanças boas para o nosso município.”, disse a candidata.

Questionada sobre os planos para a campanha do segundo turno, Célia comentou que busca dar dignidade ao povo de Cariacica, citando o setor de saúde no município. “Temos que cuidar muito da saúde em Cariacica, tirar a cidade dessa situação de abandono e dar dignidade a quem se aglomera em fila de madrugada na busca por atendimento. Vamos informatizar as unidades como João Coser fez em Vitória, pra agendar consultas direto de casa.”

Ainda sobre o tom para o segundo turno a candidata reforçou a experiência que teve na gestão da educação e prometeu atender as demandas de segurança da cidade com inteligência. “Eu fui secretária de educação e o povo de Cariacica já conhece meu trabalho nessa área; na segurança vamos atuar com inteligência, com visão de política pública, pra atuar em conjunto com grupos de direitos humanos trabalhando ao lado de uma guarda municipal valorizada que resguarde os cidadãos.”

Apoio

A candidata, que foi secretária municipal de educação de Cariacica por oito anos, durante o mandato de Helder Salomão, reforça que o padrinho político continuará tendo influência em sua campanha no segundo turno. “Durante nossa campanha o povo na rua falava, ‘no tempo do Helder a gente tinha saúde, no tempo de Helder a gente tinha segurança, no tempo do Helder a gente tinha educação’, então vou trabalhar o tanto que ele trabalhou pra trazer esse movimento de progresso de volta pro município.”


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

368 urnas substituídas e mais 500 mil eleitores já justificaram ausência no país

Esportes

Acidente impressionante com Grosjean interrompe GP do Bahrein

Dinheiro

‘Quem falar em Renda Cidadã, cartão vermelho’, diz Bolsonaro

Eleições 2020

Bolsonaro questiona urna eletrônica e ironiza ‘voto por celular’