Casagrande discute vacina com governadores, Maia e Alcolumbre - ES360

Casagrande discute vacina com governadores, Maia e Alcolumbre

O governador Renato Casagrande alertou para a possibilidade de ocorrência de uma segunda onda da covid-19 no país, como tem acontecido em boa parte da Europa

Governadores se encontram com Maia e Alcolumbre para discutir vacina contra o novo coronavírus. Foto: Giovani Pagotto
Governadores se encontram com Maia e Alcolumbre para discutir vacina contra o novo coronavírus. Foto: Giovani Pagotto

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), participou de uma reunião com governadores o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para discutir a vacinação da população contra a covid-19. O encontro aconteceu nesta terça-feira (3), em Brasília.

O encontro acontece em meio ao aumento dos embates políticos envolvendo a compra de uma eventual vacina e também a obrigatoriedade ou não da imunização. O presidente Jair Bolsonaro tem se pronunciado contra a obrigatoriedade da vacinação. Ele também tem dito que o governo federal não vai comprar uma eventual vacina produzida por laboratórios da China, que está entre os países em processo mais avançado de desenvolvimento do produto.

Em outubro, Bolsonaro desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que havia anunciado um acordo para a compra de milhões de unidades da CoronaVac, vacina que deve ser produzida pelo Instituto Butantan, controlado pelo governo de São Paulo, mas que está sendo desenvolvida por um laboratório chinês.

“Pedimos uma intermediação junto ao governo federal e ao presidente da República, para que tenhamos uma solução no encaminhamento positivo com relação à aquisição das vacinas aprovadas pela Anvisa. Estamos pedindo agilidade no ambiente de muita discussão, harmonia e consenso. Tenho plena pena convicção que todas as autoridades têm o dever de fazer chegar essas vacinas mais rápido à população brasileira”, disse Casagrande.

O governador do Estado alertou ainda para uma segunda onda da covid-19 no país, como tem acontecido em boa parte da Europa. Ele acredita que governadores, representantes do governo e o presidente da República precisam encontrar um caminho para resolver o impasse da compra da vacina.

Veja o vídeo:


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Candidatos recebem R$ 4,1 milhões para o 2º turno; veja quem mais recebeu

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 23 mortes e 1.789 casos em 24 horas

Mundo

“Cão de guarda” vence prêmio de foto de pet mais engraçada em 2020

País

Fiscal do Carrefour que aparece nos vídeos da morte de João Alberto Freitas é presa