Casagrande defende compra de vacina chinesa - ES360

Casagrande defende compra de vacina chinesa

Mesmo sem citar o nome do presidente, o governador defendeu que no momento, a meta primordial do país deve ser a compra do medicamento

O governador do Estado, Renato Casagrande, se manifestou na manhã desta quarta-feira (21) contra a decisão do presidente Jair Bolsonaro de cancelar a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã, de São Paulo.

Mesmo sem citar o nome do presidente, o governador utilizou sua conta no Twitter e defendeu que no momento, a meta primordial do país deve ser a compra do medicamento.

Mais cedo, Bolsonaro desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que no dia anterior anunciou o investimento de R$ 1,9 bilhão na compra das vacinas para a confecção de Plano Nacional de Imunização.

Em suas redes sociais, seguidores do presidente o questionaram sobre a postura de Pazuello. Em resposta, Bolsonaro reforçou que não comprará a vacina.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Vila Velha e Serra entram para risco moderado de covid-19

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 17 mortes e 1.773 casos em 24 horas

Dia a dia

Governo do Estado anuncia nova ampliação de leitos para covid-19

Dia a dia

Condomínios contratam empresas para recolher lixo durante greve de motoristas