Casagrande autoriza reabertura do comércio em 72 municípios - ES360

Casagrande autoriza reabertura do comércio em 72 municípios

As restrições de funcionamento dos estabelecimentos seguem em vigor em Cariacica, Serra, Vila Velha, Vitória, Viana e Alfredo Chaves

Os estabelecimentos comerciais de 72 municípios capixabas estão autorizados a retomar suas atividades. A restrição permanece apenas em Cariacica, Serra, Vila Velha, Vitória, Viana e Alfredo Chaves. O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande em coletiva de imprensa na noite deste sábado (18) pelos canais digitais do governo.

De acordo com Casagrande, a medida tem como base o Mapeamento de Risco e Medidas Qualificadas desenvolvido pela Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. O estudo separa os municípios capixabas em três grupos de acordo com o número de casos registrados para cada 100 mil habitantes.

No grupo verde ou de Risco Baixo estão os 68 municípios mais distantes da região metropolitana. Neles, os estabelecimentos comerciais estão autorizados a funcionar se seguirem as seguintes regras: presença de um cliente por 10 metros quadrados, obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e observação do distanciamento social em filas. No caso de galerias e centros comerciais, os estabelecimentos devem funcionar com 50% da sua ocupação (uma pessoa por 14 metros quadrados).

Já no nível amarelo ou Risco Moderado estão os municípios vizinhos da região metropolitana: Anchieta, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Iconha, Marechal Floriano, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina e Vargem Alta. Nessas regiões, para o funcionamento dos estabelecimentos funcionários e clientes são obrigados a utilizarem máscaras de proteção. além disso, as empresas devem garantir um escalonamento de horários de no mínimo dois turnos nos municípios com mais de 70 mil habitantes. Já as lojas de galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos previstos.

No nível vermelho ou de Risco Alto estão Alfredo Chaves, Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Viana. Segundo o governo do Estado, o primeiro município dessa lista apresenta índice de 76 pessoas pessoas infectadas para cada 100 mil habitantes. Já os dois últimos, que matematicamente estariam no grupo amarelo, foram incluídos no grupo vermelho por fazerem parte da Região Metropolitana e da dificuldade de se fazer o controle da interação social com os demais municípios vizinhos.

Nestas cidades, o funcionamento do comércio se restringe apenas às atividades consideradas essenciais e aquelas autorizadas por regras. São elas: farmácias, supermercados, padarias, alimentação, cuidados com animais, postos de combustíveis, lojas de conveniência, comércio atacadista, distribuidoras de gás de cozinha e de água, lojas de materiais de construção e serviços automotivos.

Segundo Casagrande, uma nova classificação será aplicada aos municípios semanalmente. “Se tivermos a situação se agravando no município, voltam as restrições. Se não se agravar, mantém uma certa flexibilidade. Mas sempre com a orientação do isolamento social, distanciamento, não aglomeração. Estamos tentando achar o caminho para ter atividade econômica. Pode ir para uma restrição no comércio ou não, dependendo da realidade de cada município”, afirmou Casagrande.

Confira as medidas que serão adotadas no Espírito Santo em todos os setores a partir desta segunda

Risco baixo (verde)

Medidas Sociais:
  • – Orientação/conscientização para isolamento social e distanciamento social (Disk Aglomeração);
  • – Orientação/conscientização para adoção de medidas de proteção (máscaras e higiene);
  • – Abordagem às pessoas para orientação;
  • – Comunicação social, por meio de rádio, carros de som e outros;
  • – Monitoramento de casos suspeitos e infectados;
  • – Instalação do Sistema de Comando de Operações e elaboração de plano de contingência;
  • – Municípios acima de 50 mil habitantes deverão instalar um centro de comando geral e um centro de comando em saúde;
  • – Recomendação para que as pessoas dos grupos de risco permaneçam em isolamento total.

Medidas Comerciais:
  • – Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas: um cliente por dez metros quadrados, obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e observação do distanciamento social em filas;
  • – Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;
  • – Galerias e centros comerciais devem funcionar com 50% da ocupação (uma pessoa por 14 metros quadrados).

Transporte Público:
  • – Higienização de veículos em nível Covid-19;
  • – Proteção obrigatória para tripulação (máscaras, álcool e luvas);
  • – Distanciamento entre pessoas em filas para embarque.

Limites municipais:
  • – Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio da autoridade municipal;
  • – Barreira sanitária nas rodoviárias.

Risco moderado (amarelo)

Medidas Sociais:
  • – Adoção de todas as medidas previstas para municípios do grupo de Risco Leve;
  • – Recomendação do isolamento social com intervenção local da autoridade pública;
  • – Recomendação das medidas de proteção (uso de máscara e ampliação das medidas de higiene);
  • – Abordagem às pessoas para recomendação;
  • – Monitoramento casos confirmados e suspeitos.

Medidas Comerciais:
  • – Funcionamento de todos os estabelecimentos com medidas qualificadas com obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e clientes;
  • – Escalonamento de horários de funcionamento por, no mínimo, dois turnos em municípios acima de 70 mil habitantes, com organização a critério do Município;
  • – Lojas em galerias e centros comerciais devem funcionar em apenas um dos dois turnos previstos.

Transporte Público:
  • – Limitação de pessoas por veículo (redução de 35% da frota);
  • – Recomendação da utilização do CartãoGV (válido para a Grande Vitória);
  • – Lavagem dos pontos de ônibus com água e sabão pelo Município;
  • – Diminuição da oferta do serviço “bacurau” e suspensão do serviço aos domingos;
  • – Higienização dos veículos nos terminais por período;
  • – Suspensão da utilização do transporte público por idosos em horários de pico.

Limites Municipais:
  • – Orientação para controle de entrada no município com barreiras sanitárias, por meio de autoridade municipal;
  • – Barreira sanitária nas rodoviárias.

Risco alto (vermelho)

Medidas Sociais:
  • – Adoção de todas as medidas previstas para municípios dos grupos de Risco Leve e Moderado;
  • – Determinação de isolamento social com intervenção local e aplicação de sanção;
  • – Determinação às pessoas para uso de máscaras;
  • – Monitoramento casos suspeitos e infectados.

Medidas Comerciais:
  • – Funcionamento dos estabelecimentos considerados essenciais e de estabelecimentos autorizados por regras dispostas em decretos com medidas qualificadas, definidas em protocolos específicos;
  • – Aplicação de multa;

Transporte Público:
  • – Restrição de passageiros em pé;
  • – Obrigatoriedade da utilização de CartãoGV (válido para Grande Vitória);
  • – Instalação de dispositivos de álcool em gel nos terminais;
  • – Obrigatoriedade do uso de máscaras para tripulantes e passageiros;
  • – Suspensão do serviço “bacurau” e aos finais de semana (sábado a partir das 14 horas).

Limites Municipais:
  • – Barreiras sanitárias nos limites dos municípios com controle rigoroso, por meio de autoridades municipal e estadual com o apoio das Forças Armadas;
  • – Barreira sanitária nas rodoviárias.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Brasil registra 807 novos óbitos por coronavírus; total de mortos passa de 23 mil

Dia a dia

Espírito Santo já contabiliza 465 mortes por coronavírus

Dia a dia

Por que o governo optou por não montar hospital de campanha na Grande Vitória

Política

Bolsonaro nega interferência na Polícia Federal