CartãoGV: esclareça suas dúvidas sobre o bilhete único - ES360

CartãoGV: esclareça suas dúvidas sobre o bilhete único

O governo do estado deve anunciar nesta quarta-feira (18) novas formas de pagamento para a recarga do bilhete

CartãoGV: esclareça suas dúvidas sobre o bilhete único. Foto: Divulgação
CartãoGV: esclareça suas dúvidas sobre o bilhete único. Foto: Divulgação

O Bilhete Único Metropolitano, Cartão GV, que começou a ser implantado em maio deste ano na Grande Vitória, ainda não está disponível para aquisição e recarga em todos os pontos inicialmente previstos pelo governo do estado. Atualmente, os usuários do transporte coletivo da região metropolitana já podem adquirir e recarregar os cartões em mais de 90 locais, incluindo terminais de ônibus, farmácias e terminais de autoatendimento. Resta, no entanto, a implantação dos terminais de autoatendimento em locais como shoppings e rodoviária de Vitória e a possibilidade de liberação da recarga usando cartões de crédito, débito ou pagando pelo PicPay, que deve ser anunciada nesta quarta-feira (18) pelo governador.

Para facilitar o acesso da população aos cartões, um ônibus itinerante também percorre as cidades. Quem já tem um cartão do Transcol ou dos sistemas municipais de Vitória e Vila Velha não precisa adquirir outro cartão. Caso não possua, o valor da compra é de R$ 10, convertidos em passagem. Já a segunda via custa o equivalente a 10 passagens, e o valor não é convertido em créditos.

Fique atento

Onde é possível adquirir o CartãoGV?

Em mais de 90 pontos, entre lojas, terminais de ônibus, redes de farmácias e com agentes de vendas. Confira:

Postos de atendimento:

• Loja Central: Reta da Penha, Vitória;
• Lojas da Ufes, em Goiabeiras, Vitória;
• Terminal de Itacibá, em Cariacica;
• Terminal de Campo Grande, em Cariacica;
• Terminal de Jardim América, em Cariacica;
• Terminal de Laranjeiras, na Serra;
• Terminal de Jacaraípe, na Serra;
• Terminal de Vila Velha, em Vila Velha;
• Terminal de Ibes, em Vila Velha.

Farmácias

Em 60 unidades de Vitória, Vila Velha, Cariacica, Serra, Viana e Fundão. Saiba mais no site do CartãoGV.

Agentes de venda

São 25, distribuídos nos terminais.

Ônibus itinerante

Circula pela Grande Vitória para facilitar o acesso aos cartões. Confira os locais no site do CartãoGV.

E a recarga?

Pode ser feita em dinheiro nos mesmos locais de compra e terminas de autoatendimento e pela internet, via boleto (Escolar e Passe Fácil).

Online

No site www.cartaogv.com.br, apenas para cartão Estudante e Cidadão/Passe Fácil.

Terminais de autoatendimento:

• Itacibá, em Campo Grande;
• Campo Grande, em Cariacica;
• Jardim América, em Cariacica;
• Laranjeiras, na Serra;
• Jacaraípe, na Serra;
• Vila Velha, no município canela-verde;
• Ibes, em Vila Velha.

Haverá outros locais para recarga?

Sim. Ainda não foram implantados os terminais de autoatendimento nos terminais de ônibus de Carapina e de São Torquato, em shoppings da Grande Vitória e na rodoviária de Vitória. A previsão é até o final do ano.

Já é possível fazer a recarga com cartão de crédito, débito ou pelo PicPay?

Ainda não. A data para início dessas novas formas de pagamento deve ser anunciada nesta quarta-feira pelo governo.

Qual o valor do cartão?

Quem possui o cartão do Transcol ou dos ônibus municipais de Vitória e Vila Velha não precisa adquirir outro. Se o cartão foi atualizado nos coletivos, ele já funciona como bilhete único. Se ainda não foi atualizado, é possível fazer a atualização nos postos de atendimento do GV Bus. Quem não possui um cartão, pode adquirir o primeiro por R$ 10, e o valor é convertido em créditos.

Se perder o meu cartão, preciso pagar por outro?

Sim. Caso o usuário perca o cartão, a segunda via custa o corresponde a 10 tarifas (atualmente no valor de R$ 37,50), e o valor não é convertido em passagens.

Mais notícias
Bem-estar

A Escola Bíblica Dominical sob a perspectiva da Igreja Cristã Maranata

Dia a dia

Unipró lança curso de preparação para o Ifes 100% online

Dia a dia

Espírito Santo registra 20 mortes por covid-19 em 24 horas

Dia a dia

Governo do ES amplia funcionamento de comércio e restaurantes