Cartão de ônibus municipal: validação tem início sábado - ES360

Cartão de ônibus municipal: validação tem início sábado

O procedimento de migração de informações deve ser feita pelos usuários até o dia 16 de agosto nos coletivos de Vitória e Vila Velha

A partir deste sábado, os usuários dos ônibus municipais de Vitória e Vila Velha que utilizam algum tipo de cartão de transporte terão que realizar o procedimento de migração do atual sistema de bilhetagem eletrônica para o novo. O prazo para validação vai até 16 de agosto, e a expectativa é que mais de 79 mil usuários façam a migração. Essa é a segunda etapa da implantação do Bilhete Único Metropolitano. A primeira, voltada para os usuários do Transcol, aconteceu entre maio e junho.

Para fazer a migração, basta que o usuário apresente o cartão nos dois validadores que estarão instalados dentro dos ônibus. Primeiro, é preciso passar o cartão no validador atual e, depois, no novo. Usuários dos ônibus de Vitória deverão fazer o procedimento nos ônibus de Vitória (chamados de verdinhos), e os usuários canelas-verdes, nos ônibus de Vila Velha (da viação Sanremo).

A expectativa é de que em setembro, após essa etapa, as pessoas possam usar o mesmo cartão para embarcar tanto no Transcol quanto nos ônibus de Vitória e Vila Velha. Mas a tarifa ainda será cobrada separadamente.

Segundo o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Fábio Damasceno, a integração total do sistema, com cobrança de tarifa única, acontecerá no início do próximo ano. Não deve haver aumento do valor da tarifa, que hoje já está unificada em R$ 3,75.

“Até o final deste ano, será concluído o estudo que vai apontar as mudanças necessárias nas linhas do Transcol e dos ônibus municipais, como cada cidade fará a integração e os prazos. Não há perspectiva de aumento da tarifa por causa da integração”, diz.

Saiba como realizar a migração

O que é a validação

De sábado até 16 de agosto, os usuários dos sistemas municipais de Vitória e Vila Velha que utilizam cartão de bilhetagem eletrônica precisam fazer a atualização dos cartões para o novo sistema de bilhete único.

Como fazer

Basta apresentar o cartão (gratuidade ou não) nos dois validadores que estarão dentro dos ônibus. Primeiro, no validador azul (o atual). Após ouvir o sinal sonoro, no validador vermelho (o novo), até aparecer a mensagem “catraca liberada”. O procedimento deve ser feito todas as vezes que o passageiro embarcar nos coletivos municipais durante o período.

Quem não fizer

Quem não fizer a atualização no período, precisará procurar os postos de atendimento do GVBus que serão divulgados posteriormente.

Problemas e dúvidas

Quem tiver problemas ao fazer a validação nesse período ou quiser tirar dúvidas deve procurar o posto do Setpes (no caso dos usuários de Vitória) ou da Sanremo (usuários de Vila Velha). Veja onde:
– Setpes: Rua Constante Sodré, 265, Santa Lúcia, Vitória.
Telefone: 2125-7602.
– Viação Sanremo: Avenida Ernesto Canal, 200, Alvorada, Vila Velha. Telefone: 3346-3800 e 3346-3821.

Sistema transcol

Os usuários do Transcol já passaram pelo procedimento entre maio e junho. Cerca de 95% dos mais de 400 mil cartões foram atualizados. Quem não fez a atualização, precisa procurar os postos do GVBUs nos terminais de Laranjeiras, Vila Velha e Campo Grande, na Ufes ou na Loja Central (na Reta da Penha).

Integração

Ainda neste ano, será possível utilizar o mesmo cartão no sistema Transcol e nos ônibus municipais, mas ainda pagando duas tarifas. A integração tarifária está prevista para ocorrer no ano que vem.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Variante de Manaus amplia carga viral e é mais transmissível

Política

Governadores se articulam para comprar vacinas em conjunto

Dia a dia

Secretário de estatais pede demissão e gera baixa na Economia

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência