Capixabas são presos por tráfico no Catar - ES360

Capixabas são presos por tráfico no Catar

Jovens, que viajaram com destino à Tailândia, foram detidos em escala no país árabe no início de janeiro. Eles estavam com 10 kg de cocaína

Imagem dos três brasileiros divulgada em rede social do Catar. Foto: Governo do Catar
Imagem dos três brasileiros divulgada em rede social do Catar. Foto: Governo do Catar

Dois capixabas foram presos no Catar depois de serem flagrados transportando um total de 10 quilos de cocaína em um fundo falso das malas, no início de janeiro. A prisão, que incluiu ainda uma terceira pessoa, foi divulgada pelas redes sociais do governo do Catar. Os jovens saíram de São Paulo com destino à Tailândia, e fizeram escala em Doha, capital do país árabe.

Um dos presos é o capixaba Ioanys José Goobl Alvarenga, de 27 anos. A informação foi publicada pela própria mãe dele nas redes sociais. O nome das mulheres não foram divulgados.

“A Direção de Combate às Drogas tomou as medidas necessárias e a quadrilha foi encaminhada às autoridades competentes para concluir os procedimentos nesses casos”, informou o governo do Catar, na publicação, de 7 de janeiro.

A Polícia Federal informou que instaurou inquérito para identificar outros envolvidos com a ação criminosa, em especial o recrutamento de jovens para transporte ilegal de drogas. Segundo a PF, os jovens respondem de acordo com a lei e perante as autoridades daquele país.

No Catar, os jovens podem até ser condenados à pena de morte ou prisão perpétua em caso de reincidência na prática de tráfico de drogas, conforme relata o Itamaraty na página de alerta a penalidades que destoam das leis brasileiras.

O Ministério das Relações Exteriores foi procurado e informou que a Embaixada do Brasil em Doha acompanha a situação dos brasileiros e presta a assistência consular cabível, mas não pode dar mais informações pelo direito de privacidade dos envolvidos.


Comentários:

  • Infelizmente tinha que ter essa lei no Brasil,aí queria ver esse montão de drogas e traficantes se esbanjando em luxos sem ter passado em frente uma escola.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Há um ano, covid-19 era identificada no Espírito Santo

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

Dia a dia

Mapa de Risco: Apenas Ibatiba está em risco alto no Espírito Santo

Dinheiro

Motoristas questionam cobrança de imposto do diesel em nota fiscal