Campanha de vacinação contra o Sarampo termina nesta sexta-feira (13) - ES360

Campanha de vacinação contra o Sarampo termina nesta sexta-feira (13)

No Espírito Santo, as doses continuarão disponíveis em todas as unidades de saúde

Sarampo: mais de 100 postos vão vacinar. Foto: Divulgação
Segunda fase da campanha de vacinação contra o Sarampo. Foto: Divulgação

 

Termina nesta sexta-feira (13) a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. No entanto, as doses continuarão disponíveis em todas as unidades de saúde do Espírito Santo. Lançada no dia 10 de fevereiro, a campanha é promovida em parceria com secretarias de Saúde municipais e estaduais, e visa imunizar crianças de 5 anos até jovens de 19 anos que não receberam nenhuma ou apenas uma dose da vacina tríplice ou tetra viral.

> Ações na Justiça obrigam famílias a vacinarem filhos; pais podem perder guarda

Quem perdeu o cartão de vacinação ou aqueles que não sabem se estão com esquema vacinal completo pode ser imunizado.

No Espírito Santo, de acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Secretaria da Saúde, Danielle Grillo, a estimativa é imunizar um total de 39.927 crianças e jovens.

Mudanças no calendário nacional de vacinação

Este ano, houve aumento da faixa etária de recomendação de vacinação contra o sarampo no Brasil. Até 2019 a vacinação de rotina era para pessoas de até 49 anos. Este ano, a vacinação passou a valer para quem tem até 59 anos de idade.

A doença

O Sarampo é uma doença viral de elevada contagiosidade, a transmissão ocorre por meio de secreções nasofaríngeas expelidas ao tossir, espirrar e falar. Casos graves podem levar ao óbito.

> Surto de sarampo atinge 76 cadetes de base aérea em São Paulo

Os principais sintomas são febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal-estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

Esquema vacinal

Deve ser aplicada uma dose de vacina tríplice viral aos 12 meses de idade e uma dose de vacina tetra viral aos 15 meses de idade. Além disso, continua sendo administrada a dose zero da tríplice viral em crianças de 6 a 11 meses de vida, devido ao risco epidemiológico do sarampo.

> Rio de Janeiro confirma primeira morte por sarampo

Os indivíduos de 1 a 29 anos devem receber duas doses de vacina com o componente sarampo e rubéola (dupla viral, tríplice viral ou tetra viral). Para aqueles de 30 a 59 anos, uma dose do componente sarampo é suficiente (monovalente, dupla viral ou tríplice viral).

Os trabalhadores da Saúde devem receber duas doses da vacina tríplice viral, independentemente da idade.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES começa a vacinar idosos com idade entre 80 a 84 anos

Dinheiro

Receita recupera R$ 244 mi em impostos sonegados no ES

Dia a dia

Criminosos roubam pregos de sustentação de linha férrea em Cariacica

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência