Butantan solicita à Anvisa uso de mais 4,8 mi de doses da vacina - ES360

Butantan solicita à Anvisa uso de mais 4,8 mi de doses da vacina

Diferentemente do material já aprovado - que consiste em vacinas que vieram prontas da China -, as doses desse novo lote que foram produzidas em São Paulo

O Instituto Butantan solicitou na manhã desta segunda-feira, 18, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) uma autorização para o uso emergencial de um segundo lote de 4,8 milhões de doses de vacina Coronavac.

De acordo com o governador, a autorização para o uso emergencial que a Anvisa concedeu no domingo, 17, dizia respeito exclusivamente ao lote de 6 milhões de doses da vacina. Diferentemente do material já aprovado – que consiste em vacinas que vieram prontas da China -, as 4,8 milhões de doses que aguardam autorização foram produzidas em São Paulo. De acordo com o Butantan, essa nova solicitação vai liberar a produção futura da vacina. “Uma vez aprovado, a produção do Butantan será feita de acordo com essa autorização. Não haverá necessidade de todo lote ser requisitado”, afirmou Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan.

Segundo Doria, todas as doses já foram distribuídas ao Ministério da Saúde, e a cota que cabia a São Paulo foi mantida com o Estado.

“Nós estamos seguros de que a análise será feita pela Anvisa com o mesmo critério, mesmo cuidado, e mesma agilidade com que ontem liberaram as 6 milhões de doses da vacina do Butantan, a vacina do Brasil” concluiu.

Das 1.357.940 doses da vacina destinadas ao Estado de São Paulo pelo Ministério da Saúde, o governador João Doria já se comprometeu a doar 50 mil ao governo do Amazonas, que enfrenta uma crise no sistema de saúde devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus e a falta de oxigênio para atendimento de pacientes.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Teste

Teste do campo de Autoria

Bem-estar

"O ES pode colapsar junto", afirma secretário de Saúde

Dia a dia

Saiba como agendar a vacina contra covid no Espírito Santo

Esportes

Olimpíada deve receber número limitado de torcedores