Buser inaugura assentos preferenciais para mulheres - ES360

Buser inaugura assentos preferenciais para mulheres

Iniciativa busca coibir qualquer tipo de assédio contra mulheres dentro dos veículos

Buser inaugura assentos preferenciais para mulheres. Foto: Divulgação
Buser inaugura assentos preferenciais para mulheres. Foto: Divulgação

A Buser, plataforma de fretamento coletivo de viagens de ônibus, lançou nesta semana uma área específica de assentos preferenciais para mulheres. A medida atende a uma pesquisa realizada entre as usuárias da startup.

“Sempre ouvimos a opinião dos nossos clientes. Quando perguntamos às passageiras se elas gostariam de uma área exclusiva, a resposta foi positiva em 100% dos casos. É muito importante para mulheres que viajam sozinhas”, justifica Marcelo Abritta, CEO da empresa.

A Buser baseou sua iniciativa também num estudo recente realizado em 2019 pelos institutos Patrícia Galvão e Locomotiva, com o apoio da Uber. Nele, 97% das 1.081 mulheres ouvidas afirmaram já terem sido assediadas em transporte público ou privado no Brasil. Na Buser, relatos de assédio são raros, e a empresa optou por se antecipar.

“Temos trabalhado para aumentar a segurança das pessoas que viajam conosco. Essa iniciativa é para que as mulheres fiquem mais tranquilas, seguras e saibam que pensamos no bem-estar delas”, declara Rodrigo Souza, head de qualidade e segurança da Buser.

Os assentos preferenciais femininos sempre estarão localizados na parte da frente dos veículos, com capas no encosto de cabeça de cor branca e devidamente identificados. A quantidade de assentos reservados será de aproximadamente 20 a 30%, variando de acordo com o número de lugares de cada ônibus.

Mais segurança

Outra iniciativa é a instalação de câmeras de vigilância no compartimento de passageiros em toda frota das empresas parceiras. O referido protocolo de segurança e monitoramento respeitará todos os requisitos para garantia da privacidade dos usuários e usuárias transportadas.

“As câmeras serão instaladas em 100% da frota, e já temos cerca de 20% da frota instalada. Com elas, queremos proporcionar mais tranquilidade para todas as pessoas e garantir uma viagem mais segura. Caso algo venha a acontecer em alguma das viagens, conseguiremos agir rapidamente tendo imagens em mãos”, complementa Rodrigo Souza.

A instalação dos equipamentos faz parte de um conjunto de medidas de que vem sendo implementadas desde o início deste ano, como a instalação de câmeras de fadiga que avaliam de modo permanente os motoristas, permitindo que a empresa atue de forma preventiva caso haja a indicação de cansaço. A Buser também analisa em tempo real a telemetria dos veículos, controlando a velocidade dos ônibus.

Para os passageiros, além da obrigatoriedade do uso de máscaras, cabe também o uso permanente dos cintos de segurança. A empresa instalou sensores que emitem alertas sonoros e visuais caso eles não estejam devidamente afivelados.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Doria anuncia que Estado de SP voltará à Fase 3 Amarela a partir de amanhã

Dia a dia

“Não haverá festa de fim de ano nas praias”, diz subsecretário de Saúde

Eleições 2020

Eleito em Vitória, Pazolini faz discurso de união na Assembleia

Política

Moro vai trabalhar em escritório ligado a Odebrecht