Brasil vai produzir vacina russa em larga escala - ES360

Brasil vai produzir vacina russa em larga escala

Farmacêutica responsável é a União Química e produção está prevista para iniciar em dezembro

Sputnik V, vacina russa contra covid-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya. Foto: Fundo de Investimento Direto da Rússia
Sputnik V, vacina russa contra covid-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya. Foto: Fundo de Investimento Direto da Rússia

O Brasil deve começar a produzir em larga escala, já em dezembro, doses da vacina russa contra a covid-19, Sputnik V. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 19, em coletiva de especialistas e autoridades russas. A farmacêutica responsável é a União Química.

Os russos informaram que já começaram a transferir tecnologia para os brasileiros, mas que leva alguns meses para preparar para uma produção em larga escala. Como se trata de uma emergência, o processo está sendo feito de forma acelerada e deverá estar concluído em dezembro.

Índia, Coreia do Sul e China são outros três países que, ao lado do Brasil, vão produzir a vacina russa em larga escala. Na Índia, a produção já começa em novembro. Segundo os russos, em todos os testes feitos na Rússia até agora não houve a constatação de nenhum efeito colateral grave. Os únicos efeitos notados foram febre, mal-estar passageiro e dor no local da injeção.

Ainda segundo o Instituto Gamaleya, desenvolvedor da vacina, o imunizante garante imunidade de até dois anos contra o novo coronavírus.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Candidatos recebem R$ 4,1 milhões para o 2º turno; veja quem mais recebeu

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 23 mortes e 1.789 casos em 24 horas

Mundo

“Cão de guarda” vence prêmio de foto de pet mais engraçada em 2020

País

Fiscal do Carrefour que aparece nos vídeos da morte de João Alberto Freitas é presa