Bolsonaro diz que não deixará o PSL por “livre e espontânea vontade” - ES360

Bolsonaro diz que não deixará o PSL por “livre e espontânea vontade”

Em entrevista ao O Antagonista, o presidente da república ainda alerta que se for expulso, o partido murchará e muitos deixarão a sigla

Bolsonaro não deixará o PSL por “livre e espontânea vontade”. A afirmação é do próprio presidente em entrevista ao O Antagonista.

> Bolsonaro não tem mais nenhuma relação com o PSL, diz presidente do partido

Questionado pelo site sobre a possibilidade de ser afastado do partido pelo deputado Luciano Bivar, presidente da sigla, Jair Bolsonaro disse que não quer “entrar nessa briga” e que o afastamento “é um direito dele (Bivar)”.

O presidente da República, no entanto, fez um alerta. Disse que uma eventual expulsão resultaria em um resultado negativo para o partido. “Comigo fora da legenda, a tendência do PSL é murchar. Se eu sair, é natural que muita gente saia também”, disse Bolsonaro.

Mais notícias
Dia a dia

Deputado pede investigação de Heleno por monitorar ambientalistas

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo volta a registrar mil casos em 24 horas

Dia a dia

Mortes violentas no Espírito Santo crescem em ritmo maior que no Brasil

País

Lewandowski nega recurso da Globo e manda ao TJ do Rio caso das “rachadinhas”