Biden divulga imposto de renda de 2019 e pede que Trump faça o mesmo - ES360

Biden divulga imposto de renda de 2019 e pede que Trump faça o mesmo

Ex-vice e sua mulher pagaram US$ 299.346 em impostos federais no ano passado, de acordo com formulários divulgados pela campanha

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, divulgou nesta terça-feira, 29, sua declaração fiscal, horas antes do primeiro debate com o presidente republicano, Donald Trump, que enfrenta críticas por não pagar quase nenhum imposto federal nos Estados Unidos.

O ex-vice-presidente e sua mulher, Jill Biden, pagaram US$ 299 346 (cerca de R$ 1,68 milhão) em impostos federais no ano passado, de acordo com formulários protocolados na Receita Federal e divulgados pela campanha de Biden.

A quantia contrasta fortemente com Trump, que afirma ser um empresário bilionário, mas pagou apenas US$ 750 (cerca de R$ 4,2 mil) em imposto de renda federal em 2016, de acordo com uma reportagem do jornal The New York Times.

“O povo americano merece transparência de seus líderes e, por isso, hoje divulguei minhas declarações fiscais dos últimos 22 anos”, disse Biden no Twitter.

O candidato democrata – que tem vantagem nas pesquisas – publicou 40 páginas sobre seus impostos no Estado de Delaware e Virginia.

Em julho de 2019, Biden já havia divulgado suas declarações fiscais de 2016, 2017 e 2018 durante as eleições primárias em que se impôs como candidato.

“Este é um nível histórico de transparência que visa a dar ao povo americano novamente a fé de que seus líderes cuidarão do povo e não de seus próprios lucros”, disse a vice-gerente da campanha de Biden, Kate Bedingfield. “Senhor presidente, divulgue sua declaração de imposto de renda ou então cale-se”, acrescentou ela.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Chuva danifica pontes e isola comunidades no sul do estado

Cult

Ator escocês Sean Connery morre aos 90 anos

Dia a dia

Espírito Santo reduziu em 45% os leitos de UTI para covid-19

Dinheiro

Dívida vai a 100% do PIB, admite Tesouro