Beneficiários afetados pelas chuvas podem sacar o Bolsa Família nesta quarta - ES360

Beneficiários afetados pelas chuvas podem sacar o Bolsa Família nesta quarta

A medida é válida para 227 municípios que tiveram situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo governo federal

Cartão Bolsa Família
Pagamento a atingidos pela chuva no sul do ES é antecipado. Foto: Divulgação

 

A parcela de fevereiro do Bolsa Família foi antecipada para os beneficiários afetados pelas chuvas fortes que atingiram o Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. O saque pode ser feito nesta quarta-feira (12). A medida é válida para 227 municípios que tiveram situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo governo federal.

> Bolsonaro assinou MP para liberar ajuda de R$ 892 milhões ao ES, MG e RJ

O Ministério da Cidade também autorizou que as famílias possam receber a parcela mesmo em casa de perda de documentos. Também vai antecipar para o dia 19 de fevereiro o pagamento do BPC (Benefício de Prestação Continuada) a todos os benefícios. Neste caso, a ação especial contempla apenas os moradores dos municípios com calamidade pública decretada.

Antecipação do calendário

A data do saque do Bolsa Família corresponde ao NIS (Número de Identificação Social), impresso no cartão do programa. Os que terminam com final um podem resgatar o valor no primeiro dia do pagamento. Os com final dois, no segundo dia – e assim por diante, até o último dia do mês.

> Para o governo, prioridade é reconstruir casas e pontes

Em caso de ações especiais do Bolsa Família, como em situações de emergência e calamidade pública, este calendário é desconsiderado e todos os beneficiários podem sacar no primeiro dia de pagamento.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Bem-estar

"O ES pode colapsar junto", afirma secretário de Saúde

Dia a dia

Saiba como agendar a vacina contra covid no Espírito Santo

Esportes

Olimpíada deve receber número limitado de torcedores

Política

Bolsonaro: Ao fechar comércio, desemprego vem em massa