Banestes tem lucro de R$ 83 milhões no primeiro trimestre - ES360

Banestes tem lucro de R$ 83 milhões no primeiro trimestre

Resultado é 30,2% maior em comparação com o mesmo período de 2019. Parte do lucro é destinado ao estado do Espírito Santo, acionista majoritário do banco

Nos três primeiros meses de 2020, o Banestes obteve lucro líquido de R$ 83 milhões, crescimento de 30,2% quando comparado ao mesmo período de 2019. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (26). A margem financeira avançou 24,6% e o resultado operacional do banco elevou-se em 51,2%. O lucro líquido por ação chegou a R$ 0,26 no período, e a rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROE) foi de 15,1%.

Foram destinados ao acionista controlador, o estado do Espírito Santo, a quantia de R$ 18,6 milhões, valor este aplicado conforme as prioridades de investimentos definidas no orçamento estadual.

O diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, ressalta que o todo o esforço e atividades do banco neste momento de pandemia do coronavírus têm como foco atender à população com a oferta de soluções financeiras para diminuir os impactos negativos causados pela pandemia.

“Neste momento tão delicado, o Banestes está focado em atender às demandas da população, de forma a contribuir com a manutenção do desenvolvimento econômico do Estado. Ofertamos, desde o início da pandemia, linhas de crédito com condições diferenciadas e outras soluções financeiras, com condições exclusivas no mercado atual, como até 180 dias para reparcelamento de créditos. O Banestes já alcançou o patamar de mais de R$ 1 bilhão em concessões de crédito desde o início do ano para auxílio dos setores produtivos”, destaca Amarildo Casagrande.

Números do 1º trimestre de 2020

O patrimônio líquido do Banestes alcançou em 31 de março o valor de R$ 1,6 bilhão, expandindo 2,1% em 12 meses. Em março de 2020, os recursos aplicados (total do ativo) contabilizaram o saldo de R$ 27,1 bilhões, expandindo 14,3% sobre a posição de dezembro de 2019 e 6,0% em doze meses.

A carteira de crédito ampliada registrou o saldo de R$ 7,3 bilhões, crescente 6,6% em relação à posição de dezembro de 2019 e 26,3% em 12 meses. A carteira de crédito comercial (conceito Bacen) atingiu R$ 4,5 bilhões, expandindo 6,2% contra dezembro de 2019 e 11,3% em 12 meses. Desse montante, R$ 2,9 bilhões (63,9%) são de operações com pessoas físicas e R$ 1,6 bilhão com pessoas jurídicas (36,1%). Da carteira de pessoa jurídica, 81,4% são concessões a micro, pequenas e médias empresas e 18,6% a grandes empresas.

O índice de inadimplência (> 90 dias) da carteira de crédito ampliada ficou em 2,2%. Enquanto a inadimplência (> 90 dias) da carteira de crédito comercial atingiu 3,5%. As operações com atraso superior a 90 dias no segmento de pessoa física atingiram 2,7%, enquanto, no segmento corporativo fechou em 4,9%.

O canal mobile segue como principal canal de transações para os clientes, com um total de 16 milhões de transações, expansão de 18% sobre o mesmo período de 2019. Os canais digitais (Internet Banking e Mobile) foram responsáveis por 5 milhões de transações financeiras, crescendo 33% na mesma comparação.

No trimestre, foi investida em Tecnologia da Informação e Comunicação a quantia de R$ 3 milhões, proporcionando melhorias nos serviços bancários, como a modernização de sistemas de informação, da infraestrutura de comunicação, da segurança da informação e da rede de autoatendimento.

Tais investimentos têm o objetivo de possibilitar ao banco soluções de negócio aderentes à transformação digital. Os trabalhos estão focados na ampliação de prestação de serviços pelos canais digitais, principalmente nos canais Internet Banking e BANESTES.Corp (ferramenta voltada para clientes Pessoa Jurídica) e nos canais Aplicativos Banestes, Banestes Cartões e Abre Conta Banestes.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Mundo

Ataque a faca deixa ao menos dois mortos na França; suspeito foi preso

Dia a dia

Veja como está o funcionamento das consultas eletivas em Vitória

País

PF mira propinas para servidores de estatal de tecnologia e desvios em banco

Dinheiro

Receita começa a enviar cartas a contribuintes na malha fina