Banestes começa a liberar crédito do Fundo de Aval - ES360

Banestes começa a liberar crédito do Fundo de Aval

Depois de dois meses, banco passou a operar a linha de financiamento que conta com R$ 100 milhões a juro zero para pequenas empresas e microeemprendedores

Dois meses depois de ser anunciado, os recursos previstos no Fundo de Aval para microempreendedores individuais e para pequenas empresas realizarem pagamento da folha começaram a ser liberados pelo Banestes na última sexta-feira (22).  O Fundo de Aval contará com até R$ 100 milhões para subsidiar financiamentos a juro zero.

Segundo o diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, a partir de agora, quem procurar o banco para ter acesso ao crédito deve ter a resposta em até cinco dias. Ele justificou a demora na liberação do crédito pela burocracia de aprovação da lei na Assembleia, e necessidade da regulamentação do estatuto do fundo, o que demorou cerca de 45 dias.

Em quatro dias úteis, foram liberados 450 operações para o microempreendedor individual (até R$ 5 mil), totalizando R$ 2,2 milhões em créditos. Agora, o banco está analisando 1.200 propostas. Na outra linha, de crédito emergencial para financiar folhas de pagamento de até R$ 31.500, já foram beneficiadas 25 empresas com R$ 270 mil de crédito no total.

Segundo o presidente do banco, cerca de 30% dos que pedem acesso às linhas de crédito não estão conseguindo a aprovação por terem restrições ou não serem o público-alvo da ação. Na tarde desta quinta-feira (27), a Findes enviou questionamentos para a instituição financeira devido a relatos de dificuldade de acesso aos crédito por empresários. A Federação das Indústrias estimou que somente 2,5% dos emprésarios que solicitaram financiamento conseguiram ter acesso ao dinheiro.

Casagrande disse que na Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), onde são captadas as propostas, até quarta-feira (27) haviam sido apresentados 9.470 pedidos de crédito, sendo que 5.270 das empresas estão aptas a pegar o empréstimo. As outras 3 mil já foram indeferidas.

Desde o início da pandemia, o Banestes liberou R$ 1,1 bilhão em diversas linhas de crédito emergencial, além do Fundo de Aval, destacou José Amarildo Casagrande.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Com covid, ministro da Saúde é internado

Dia a dia

Covid: governo sugere a planos de saúde a compra de leitos particulares

Dia a dia

Ifes: a chance de fazer o ensino médio de excelência em 2021

Dia a dia

Pizzaria de alto padrão será inaugurada na capital