Bandidos se passam por atendentes do INSS para aplicar golpe - ES360

Bandidos se passam por atendentes do INSS para aplicar golpe

INSS informou que não solicita informações pessoais e dados de benefício nos contatos telefônicos

Reabertura gradual das agências do INSS é adiada para 3 de agosto. Foto: JB Azevedo
Agência do INSS. Foto: JB Azevedo

 

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) alerta sobre um novo golpe durante à pandemia. Beneficiários do INSS têm recebido ligações de pessoas que se passam por atendentes da central 135 (canal oficial de atendimento) e solicitam dados pessoais ou número do benefício.

O INSS orienta que para que em caso de contato por meio do telefone, os segurados não devem confirmar os dados. Quando o INSS entra em contato, não pede este tipo de informação. “Caso receba uma ligação solicitando dados pessoais e informação do benefício, o cidadão deve encerrar imediatamente a ligação e entrar em contato com a Central do INSS pelo telefone 135.”

Na última quarta-feira (15), o INSS começou a entrar em contato com os segurados que precisam cumprir exigências, por meio de ligações da Central 135 ou SMS, com as orientações sobre como proceder para o envio de documentação. O segurado será informado da pendência no requerimento para poder fazer o envio da documentação pelo Meu INSS (site ou aplicativo).

Agências do INSS

O atendimento presencial nas agências do INSS voltará no dia 3 de agosto. O atendimento exclusivo por meio de canais remotos fica prorrogado até o dia 31 de julho e continuará sendo realizado mesmo após a reabertura das agências.

Em um primeiro momento, o tempo de funcionamento das agências será parcial, com seis horas contínuas, e o atendimento será exclusivo aos segurados e beneficiários com prévio agendamento pelos canais remotos (Meu INSS e Central 135). Também serão retomados os serviços que não possam ser realizados por meio dos canais de atendimento remotos como, por exemplo, realização de perícias médicas, avaliação social e reabilitação profissional.

Segundo o INSS, a reabertura gradual e segura irá considerar as especificidades de cada uma das 1.525 Agências da Previdência Social no país. Cada unidade deverá avaliar o perfil do quadro de servidores e contratados, o volume de atendimentos realizados, a organização do espaço físico, as medidas de limpeza e os equipamentos de proteção individual e coletiva.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Mais de 700 contribuintes podem ser inscritos na dívida ativa a partir de outubro

País

Rússia anuncia acordo ao Brasil de remédio contra a Covid-19

Política

Marco Aurélio antecipa voto autorizando depoimento de Bolsonaro por escrito

País

Voltas às aulas e acesso à web não são temas do MEC