Aumento de 2,5% no PIB é puxado por microempresas - ES360

Aumento de 2,5% no PIB é puxado por microempresas

Crescimento dos pequenos negócios e da economia criativa tem aquecido o comércio e elevado o consumo das famílias

SHOPPING PRAIA DA COSTA
O comércio varejista do estado cresceu 2,3%. Foto: Chico Guedes

O crescimento de pequenos empreendimentos e da economia criativa ajudou a elevar em 2,5% o PIB (Produto Interno Bruto) do estado no segundo trimestre deste ano, em comparação com o primeiro trimestre. O resultado do PIB foi divulgado nesta quarta-feira pelo IJSN (Instituto Jones dos Santos Neves). Segundo o diretor-presidente do instituto, Luiz Paulo Velozzo Lucas, a dinâmica econômica de crescimento dos pequenos negócios, individuais ou familiares, tem ajudado a elevar o consumo das famílias. “E, consequentemente, crescem os setores de comércio e serviços”, explica.

> Petrobras sobe preço da gasolina em 3,5% e do diesel em 4,2%

O PIB acumulado do trimestre foi de R$ 33,3 bilhões. Devido ao aumento do consumo das famílias, o comércio varejista cresceu 2,3%, e o de serviços, 0,9%. A indústria, por outro lado, registrou nova queda, de 7,3%.

O setor de petróleo é o principal responsável pela retração da indústria. Na mineração, o estado também ainda sofre os impactos da tragédia de Brumadinho (MG), ocorrida em janeiro, em Minas Gerais. E na indústria de transformação, impacta a fusão da Fibria com a Suzano, que fez cair a produção de celulose no estado.

> Atingidos pela lama em Linhares recebem cursos de qualificação
> Inclusão e acessibilidade são temas de debate do Reconecta

Ainda assim, o desempenho do PIB estadual ficou acima do nacional, que registrou aumento de 0,4% no segundo trimestre. O primeiro trimestre deste ano havia registrado queda de 1,3% no PIB estadual em relação ao trimestre anterior. “É uma recuperação lenta. A perspectiva é que a economia brasileira possa voltar a crescer para que o estado consiga retomar também o seu crescimento mais consolidado”, disse Luiz Paulo.

No mercado de trabalho, foi registrado saldo positivo de 18.838 postos de trabalho. Os setores que mais empregaram foram serviços e agropecuária. Outro dado apresentado aponta queda de 3,4% nas exportações e aumento de 15,8% nas importações.

Saiba mais sobre o resultado do PIB do estado:

Segundo trimestre

O PIB cresceu 2,5% em relação ao primeiro trimestre. No acumulado do ano (quatro trimestres), o aumento foi de 0,2%.

Setores

A indústria teve queda de 7,3%, enquanto o comércio varejista cresceu 2,3% e o setor de serviços, 0,9%. No acumulado do ano, a indústria apresentou queda de 12%.

Valores

O PIB nominal no acumulado de quatro trimestres ficou em R$ 123,5 bilhões.

Mais notícias
Dia a dia

ES vai comprar 250 mil testes de antígeno para covid

Dia a dia

Covid-19: ES tem 26 mortes e 1.183 casos em 24 horas

País

Com UTIs lotadas, estados ampliam restrições

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência