Aulas presenciais do ensino médio da rede estadual voltam no dia 13 de outubro - ES360

Aulas presenciais do ensino médio da rede estadual voltam no dia 13 de outubro

O governo do Estado vai realizar o inquérito sorológico com profissionais e alunos da rede estadual

O governo do Estado anunciou, na última sexta-feira (25), o retorno das aulas presenciais do ensino médio para as escolas da rede estadual, a partir do dia 13 de outubro. O retorno das aulas nas escolas públicas estaduais vai respeitar um revezamento.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, explicou que a volta presencial das aulas será no modelo híbrido. “Voltaremos por etapa, começando pelo ensino médio, seguido pelo fundamental 2 e, por último, fundamental 1, com intervalo de 15 dias entre uma etapa e outra, após a data de retorno de cada etapa. Faremos isso em regime de revezamento e seguindo todo o protocolo que a Portaria Conjunta Sesa/Sedu traz”, afirmou.

> Férias de janeiro serão mantidas no calendário escolar do Espírito Santo

Com investimento superior a R$ 12 milhões, o governo do Estado sinalizou os ambientes escolares e colocou à disposição de alunos e profissionais o material de higiene necessário, como álcool em gel, sabonetes, máscaras e equipamentos para uso de álcool em gel. O retorno das aulas presenciais também contará com monitoramento rigoroso das medidas sanitárias adotadas.

Outra medida adotada pelo governo do Estado é a realização de inquérito sorológico com profissionais e alunos da rede. Serão coletadas pela Secretaria da Saúde (Sesa) amostras da comunidade escolar capixaba durante o inquérito e. Também será realizado o Censo Sorológico, em que serão convidados todos os trabalhadores da Rede Estadual de Educação para fazer um mapeamento de 100% dos profissionais. Na escola, alunos e profissionais terão a temperatura aferida todos os dias na entrada para as aulas presenciais.

O secretário ressaltou que as famílias que optarem por não levarem seus filhos, poderão continuar com eles em casa. Lembrou ainda que será feito um censo sorológico para os 18 mil servidores da educação, além de um inquérito sorológico com escolas municipais e particulares, e que recursos foram destinados para as escolas estaduais pudessem se preparar. “Fizemos reparos na rede física, temos redobrado a atenção com os banheiros. Enfim, nossas escolas já dispõem ou estão na iminência de ter tudo isso pronto. Porém, em qualquer circunstância, não havendo condição de retorno, a unidade não abrirá, no caso das estaduais”, afirmou Vitor de Angelo.

Continuidade das atividades remotas

O Programa EscoLAR seguirá complementando as aulas presenciais e preenchendo o tempo da semana em que não terá aula presencial, com aulas remotas. As Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs) oportunizaram os estudos de forma remota, por meio da transmissão de conteúdos em TV aberta, da utilização da plataforma Google Sala de Aula e do aplicativo do programa, cujo acesso contou com o pacote de dados fornecido pelo Governo do Estado.

Confira as demais datas:

Rede Municipal (a partir do dia 13/10): municípios que quiserem retornar com as atividades, Ensino Fundamental I e II

Ensino Privado (a partir de 5/10): Ensino Fundamental I, II e o Ensino Médio

Rede Estadual: (a partir de 13/10): Ensino Médio

Educação Infantil: (a partir do dia 5/10): Protocolo com detalhes será publicado na próxima terça-feira (29)


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Cult

Teatro Carlos Gomes tem visita técnica para elaborar projeto de restauro

Dia a dia

Só 12% dos cursos superiores do ES recebem nota máxima no Enade

País

Governo federal vai comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa

Dia a dia

Instituto emite alerta de chuva intensa para o Espírito Santo