Aulas estão suspensas no Espírito Santo até 31 de agosto - ES360

Aulas estão suspensas no Espírito Santo até 31 de agosto

O governador do estado, Renato Casagrande (PSB), ressaltou que a retomada das aulas ainda não é segura

Reprovação e notas são polêmica durante pandemia. Foto: Wokandapix/Pixabay
Sala de aula. Foto: Wokandapix/Pixabay

 

O governo do Espírito Santo anunciou, nesta sexta-feira (24), a prorrogação do decreto que suspende as atividades presenciais nas escolas das redes pública e privadas do estado por causa do novo coronavírus. Com isso, as instituições de ensino ficam fechadas até 31 de agosto.

O governador Renato Casagrande (PSB) ressaltou que a retomada das aulas ainda não é segura. “A escola é um local de muita interação. Alunos, professores e servidores vêm de bairros diferentes e se encontram. Depois retornam para seus lares e podem colocar em risco a vida dos familiares. Estamos preocupados com vidas”.

O governador ainda informou que está sendo estudado um protocolo de retorno às aulas. Ele acredita que o retorno não será no modelo tradicional e será necessária uma adaptação à nova realidade, com distanciamento entre as pessoas, medição de temperatura e uso de máscaras faciais.

Entre os fatores que a secretaria avalia para ter uma segurança em definir uma data para retorno das atividades escolares está uma taxa de transmissão (RT) da covid muito baixa, redução acentuada de casos e óbitos e ainda a preparação dos espaços para onde essa população vai retomar, segundo explicou o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin.

“Estamos com um RT abaixo de 1% na Grande Vitória. Vimos um sinal de estabilidade no interior do estado de casos ativos, mas temos que observar nas próximas semanas. Temos um crescimento de pessoas curadas, o que é um bom sinal. O controle da ocupação de leitos de UTI também é um bom sinal. Mas ainda temos um sinal ruim que é o número de óbitos. Nosso esforço é reduzir mortes no estado e por isso continuamos pedindo a ajuda da população com o distanciamento social, higienização e o uso de máscara”, detalhou Casagrande.

As atividades presenciais na rede pública estão suspensas desde o dia 17 de março. Em abril, a Secretaria de Estado da Educação implantou o Programa Escolar, para os alunos assistirem aulas remotas. Neste mês, a frequência às atividades remotas passaram a ser contabilizadas. A medida vale para todos os alunos que estão participando do Programa Escolar.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Mundo

Ex-presidente do Uruguai, Mujica anuncia fim de carreira política

País

STF tem 4 ministros a favor da reserva de verbas para candidaturas negras

Eleições 2020

Capitão Assumção aposta na segurança pública para prefeitura de Vitória

Dia a dia

Férias de janeiro serão mantidas no calendário escolar do Espírito Santo