Ator Chadwick Boseman, o 'Pantera Negra', morre aos 42 anos - ES360

Ator Chadwick Boseman, o ‘Pantera Negra’, morre aos 42 anos

Boseman não resistiu a um câncer, contra o qual lutava há mais de quatro anos. Morreu em Los Angeles, ao lado da família

O ator Chadwick Boseman, o Pantera Negra no filme da Marvel, morreu aos 42 anos. Foto: Marvel Estúdios

Morreu na sexta-feira, 29, aos 42 anos, o ator americano Chadwick Boseman. Mais conhecido por protagonizar os filmes do ‘Pantera Negra’, da Marvel Studios, Boseman também interpretou o músico James Brown e o jogador de beisebol Jackie Robinson no cinema. Seu empresário informou que ele não resistiu ao tratamento de um câncer de cólon.

O ator foi diagnosticado com câncer há quatro anos, afirmou a família em um comunicado. “Um verdadeiro batalhador, Chadwick resistiu durante todo o processo e levou a vocês muitos filmes que vieram a amar”, afirma a nota. “Vários filmes foram gravados durante e entre muitas cirurgias e tratamentos de quimioterapia. Foi a honra de sua carreira dar vida ao King T’Challa em ‘Pantera Negra'”, disse a família.

Boseman nunca falou publicamente sobre a doença. O ator morreu em sua casa, na região de Los Angeles, ao lado da mulher e outros familiares. Ele completaria 43 anos em 29 de novembro.

Hollywood lamenta
Após o anúncio da morte de Boseman, atletas e políticos se manifestaram nas redes sociais. Mark Ruffalo e Chris Evans escreveram sobre a experiência de trabalhar ao lado de Boseman. Kamala Harris, candidata à vice-presidência dos Estados Unidos, disse que ele era “brilhante e humilde”. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood considerou “perda imensurável”. Outros artistas, como Samuel L. Jackson, também expressaram pesar pela morte de Boseman.

O ator Mark Ruffalo, colega de elenco de Boseman nos dois últimos filmes dos “Vingadores”, disse no Twitter: “Foi uma grande honra trabalhar com você e conhecê-lo. Que ser humano generoso e sincero. Você acreditava na natureza sagrada do trabalho e deu tudo de si”.

Chris Evans, que interpreta o Capitão América e também trabalhou com Boseman, escreveu: “Chadwick era especial. Um verdadeiro pioneiro. Ele era um artista profundamente comprometido e constantemente curioso. Poucos atores têm tanto poder e versatilidade. Ele ainda tinha tanto para criar. Serei eternamente grato pela nossa amizade”.

Kamala Harris, candidata à vice-presidência dos Estados Unidos, também lamentou a morte do ator. A última publicação de Boseman nas redes sociais foi uma foto com Harris, compartilhada no dia em que sua candidatura foi anunciada. “Coração partido. Meu amigo Chadwick Boseman era brilhante, gentil, culto e humilde. Ele se foi muito cedo, mas sua vida fez a diferença”, disse Kamala.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Pós-covid deve fortalecer poder da China na economia global

Dia a dia

Incaper mantém nível de atenção no estado

Dinheiro

Brasil pode se tornar autossuficiente em trigo

Dinheiro

Entenda as vantagens do PIX e como vai funcionar