Aquaviário: Projetos de píeres vão começar a ser feitos - ES360

Aquaviário: Projetos de píeres vão começar a ser feitos

A empresa contratada por meio de licitação tem 150 dias para concluir e entregar os trabalhos. O valor do contrato é de R$ 391 mil

Aquaviário operou em Vitória até a década de 90. Foto: Chico Guedes
Aquaviário operou em Vitória até a década de 90. Foto: Chico Guedes

O governo do estado contratou a empresa responsável por fazer os projetos dos píeres e do licenciamento ambiental do aquaviário. O resultado da licitação foi divulgado ontem no Diário Oficial do Espírito Santo.

Segundo a Semobi (Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura), a empresa vencedora, Atlântico Sul, tem prazo de 150 dias para desenvolver e entregar os trabalhos, a contar da data da Ordem de Serviço. O valor do contrato é de R$ 391 mil.

Na Grande Vitória, está previsto a construção de quatro estruturas para atracagem dos barcos: Prainha (Vila Velha), Enseada do Suá, Centro (Vitória) e Porto de Santana (Cariacica).

“A implantação do aquaviário também será feita em etapas. Primeiro vamos desenvolver os projetos dos trapiches (píeres), que devem começar a ser executados no ano que vem. É uma etapa importante, pois o píer precisa ser muito bem executado para garantir a segurança e a acessibilidade do sistema”, explica o secretario Fábio Damasceno.

Ainda este ano, a Semobi espera publicar o edital para empresas interessadas em fazer a operação dos barcos. A expectativa é que o aquaviário comece a opera em 2020, integrado ao sistema do Transcol.

Mais notícias
Dia a dia

De cada seis notificações, um resultado é positivo para covid-19 no ES

Dia a dia

Espírito Santo terá muita chuva nos próximos dias; veja a previsão

Dia a dia

Espírito Santo tem 15 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Dia a dia

Rio Doce: em cinco anos, apenas 34% das famílias cadastradas receberam indenização