Após Apple, Xiaomi confirma que seu novo celular não virá com carregador na caixa - ES360

Após Apple, Xiaomi confirma que seu novo celular não virá com carregador na caixa

O anúncio foi feito pelo presidente executivo da fabricante chinesa, Lei Jun

Depois da Apple causar polêmica em outubro por tirar o carregador e o fone de ouvido das caixas de iPhone 12, agora é a vez da Xiaomi aderir à ideia. Em publicação na rede social chinesa Weibo neste sábado, 26, o presidente executivo da companhia, Lei Jun, disse que o próximo celular da marca, o Mi 11, não virá com carregador – o argumento para a medida são preocupações com o meio ambiente.

Na publicação, Jun explicou que muitas pessoas já possuem carregadores em casa, o que dispensaria a necessidade de novos itens. Alguns analistas, entretanto, apontam que reduzir a quantidade de equipamentos na caixa poderia ser uma solução para deixar o kit mais barato e ainda incrementar as lojas de produtos das fabricantes com a venda separada dos acessórios.

Desde o anúncio da novidade em outubro, a Apple tem sido pressionada a voltar atrás: neste mês, no Brasil, o Procon-SP anunciou que vai exigir que a Apple forneça gratuitamente carregadores para o iPhone.

Logo após o lançamento do iPhone 12, a Xiaomi chegou a provocar a Apple sobre a decisão de tirar o carregador da caixa. No Twitter, a conta oficial da empresa publicou que “não deixou nada fora da caixa” em seu celular Mi 10T Pro.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Governo do AM sugere abrir valas no interior por falta de oxigênio

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo registra 19 mortes e 1.208 casos em 24 horas

País

Secretário de SP diz que ainda aguarda posição sobre doses da Coronavac para SP

Mundo

Em razão da nova cepa, Itália suspende voos vindos do Brasil