Anvisa diz faltar documentos para uso emergencial da Coronavac - ES360

Anvisa diz faltar documentos para uso emergencial da Coronavac

Em nota divulgada neste sábado, 9, a agência reguladora afirma que comunicou o Instituto Butantã sobre ausência de documentos técnicos no pedido de uso emergencial da vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou neste sábado, 9, que faltam documentos para avaliar o pedido de uso emergencial da Coronavac, a vacina contra a covid-19 desenvolvida em parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

> Ministério da Saúde diz que vacinação contra covid será simultânea em todo país

O pedido para uso emergencial foi solicitado na sexta-feira, 8, pelo Butantan. Nesta semana, o governo João Doria divulgou que a vacina teria eficácia de 78% contra casos leves do novo coronavírus e de 100% para quadros graves.

“A partir da triagem, a Anvisa enviou hoje, sábado, 09/01, ofício ao Instituto Butantan solicitando a apresentação dos documentos técnicos faltantes, previstos no Guia 42/2020 (Requisitos para submissão de solicitação de autorização temporária de uso emergencial Vacinas – COVID-19), bem como nos regulamentos técnicos da Agência”, diz a Anvisa, em comunicado. “O recebimento do ofício foi confirmado pelo Butantan às 11h29 de hoje.”


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Enfermeira que debochou de vacina é demitida da Santa Casa

País

Lewandowski abre inquérito para apurar atuação de Pazuello em Manaus

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo registra 48 óbitos em 24 horas; total chega a 5.716

Dinheiro

Se endividamento for menor, pode debater auxílio de até 6 meses, afirma Maia