Advogadas são presas por tráfico de drogas em presídio de Guarapari - ES360

Advogadas são presas por tráfico de drogas em presídio de Guarapari

Segundo a Polícia Civil, seis mandados de prisão foram cumpridos nesta sexta-feira. Representantes da OAB participaram da ação

Agentes da Polícia Civil durante a Operação Vade Mecum. Foto: Divulgação/Sesp
Agentes da Polícia Civil durante a Operação Vade Mecum. Foto: Divulgação/Sesp

Duas advogadas foram presas na manhã desta sexta-feira (11) pela Polícia Civil durante a Operação Vade Mecum, deflagrada pelo Denarc (Delegacia Especializada de Narcóticos) de Guarapari. Elas são acusadas de levar drogas para o CDP (Centro de Detenção Provisória) do município.

Segundo as investigações, membros de uma organização criminosa se empenhavam em traficar entorpecentes para os internos do (CDP) de Guarapari, aliciando servidores públicos e advogados, mediante pagamento de propina.

No total, seis mandados de prisão temporária foram expedidos. Entre os crimes citados estão tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção ativa.

De acordo com a Polícia Civil, participaram da ação agentes da Delegacia Regional de Vitória, Delegacia Regional de Guarapari, uma equipe de k9 (cães farejadores) da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) e representantes da Comissão de Defesa de Prerrogativas da OAB-ES (Ordem dos Advogados do Brasil-ES).

Além das advogadas, são alvos das diligências outros dois internos do sistema prisional. Os endereços das prisões não foram divulgados.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

PCC movimentou R$ 1,2 bilhão com tráfico de drogas

Dia a dia

Número de alunos em graduações a distância no Brasil salta 378% em 10 anos

Dia a dia

Mourão sobre desmatamento: “Precisamos apresentar melhores resultados”

País

Tribunal aceita denúncia e afasta governador de Santa Catarina