Acusado de estuprar menina de 10 anos se entregou, diz delegado - ES360

Acusado de estuprar menina de 10 anos se entregou, diz delegado

De acordo com a Polícia Civil, o homem estava na casa de familiares em Betim, Minas Gerais, e se entregou sem nenhum tipo de resistência

O homem acusado de estuprar a sobrinha de 10 anos de idade em São Mateus se entregou, disse o delegado Ícaro Ruginski, superintendente de Polícia Regional Norte da Polícia Civil do Espírito Santo.

Em entrevista à rádio BandNews FM, o delegado explicou após realizar diligências na Bahia e em Minas Gerais, identificou o paradeiro do suspeito no município de Betim (MG). “Foi quando conseguimos um contato telefônico e já vendo que não havia possibilidade de manter a sua fuga, decidiu se entregar”, disse Ruginski.

Confira a entrevista

De acordo com o delegado, o homem estava na casa de familiares e se entregou sem nenhum tipo de resistência. “Informalmente, ele assumiu que teria abusado da criança. Mas essa é uma investigação sigilosa”.

O homem está a caminho de Vitória, onde será ouvido e passará por laudo de lesão corporal. Não há, até o momento, definição de onde ele será preso.

Entenda

O caso ganhou repercussão no final da semana passada, depois que a vítima de apenas 10 anos de idade deu entrada no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, se sentindo mal. Enfermeiros perceberam que a garota estava com a barriga estufada, pediram exames e detectaram que ela está grávida de cerca de 3 meses.

Em conversa com médicos e com a tia que a acompanhava, a criança relatou que seu tio a estuprava desde os 6 anos. Ela disse que não havia contado aos familiares porque tinha medo, pois ele a ameaçava. O tio da criança, de 33 anos, ainda não foi localizado e é considerado foragido.

Após autorização judicial, a jovem foi encaminhada para o Hucam (Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes), em Vitória, onde seria realizado o aborto. Porém, a equipe médica responsável pelo caso não realizou o procedimento porque “a idade gestacional não estava amparada pela legislação vigente”.

gravidez só foi interrompida na noite deste domingo no Centro integrado de Saúde Amaury de Medeiros em Recife, Pernambuco. A previsão é que ela receba alta ainda nesta terça-feira.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Inflação dos alimentos sobe 9,75% e afeta principalmente os mais pobres

Dia a dia

Consultas e cirurgias eletivas acontecem de forma gradual no ES

Dia a dia

Ufes: ponto facultativo do Dia do Servidor é transferido para sexta-feira

Dia a dia

Espírito Santo tem 18 mortes pelo coronavírus em 24 horas