A situação dos processos após o sistema do STJ ser hackeado - ES360

A situação dos processos após o sistema do STJ ser hackeado

Na coluna Direito para Todos, o jurista Gustavo Varella analisa a situação e explica o acontece agora que os processos estão sequestrados

A Polícia Federal abriu um inquérito para apurar o ataque virtual ao servidor do Superior Tribunal de Justiça (STJ)  que já afetou o julgamento de mais de 12 mil processos. Por meio de um sistema codificado de roubo de informação, o invasor conseguiu “hackear” os documentos e criptografa-los, criando um impedimento de acesso aos arquivos.

Leia também: Hacker mantém posse de processos do STJ

Atualmente, 255 mil processos tramitam na corte e, mesmo tendo sido recuperados por meio de um sistema de backup, foram capturados pelo hacker por meio de criptografia. Na coluna Direito para Todos desta segunda-feira (09), na BandNews FM Espírito Santo, o jurista Gustavo Varella analisa a situação e explica o acontece agora que os processos estão sequestrados, dando detalhes do funcionamento do sistema do judiciário.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Grupo de pais vai fazer protesto contra o fechamento das escolas

Dia a dia

Greve de motoristas da limpeza urbana provoca acúmulo de lixo na Grande Vitória

País

Taxa de transmissão da covid no Brasil é a maior desde maio, diz Imperial College

País

Grupo hacker suspeito de invadir TSE reivindica ataque a 61 páginas no Brasil