A Educação que muda o mundo ! - ES360

A Educação que muda o mundo !

  • Por Barbara Mello e Yhuri Cardoso Nóbrega

Você sabe o que é Educação Ambiental? E qual sua importância? Você acredita que podemos mudar nossas atitudes e assim melhorar o mundo?

Então vamos lá! Primeiramente, devemos compreender que educação ambiental é o processo pelo qual indivíduos constroem valores e competências voltadas para a conservação da natureza. No nosso caso, transmitir informações sobre a Mata Atlântica com enfoque nos jacarés é uma missão complexa. Inicia-se pela desmistificação do animal que sempre é tratado em desenhos e filmes como mal, bravo e inimigo do homem.

Daniel Neves, Biologo e Pesquisador do Projeto Caiman realizando ação de Educação Ambiental em escola municipal do município da Serra- ES
Daniel Neves, Biologo e Pesquisador do Projeto Caiman realizando ação de Educação Ambiental em escola municipal do município da Serra/ES. Foto: Leonardo Merçon/Projeto Caiman

Para mudar a carinha de bravo do jacaré, as atividades de educação ambiental estão aí! O Projeto Caiman desenvolve atividades que levam para o público conhecimentos sobre a espécie e suas interações dentro do seu habitat, ou seja, sua casa mostrando que de mal o jacaré não tem nada. O grande desafio, é conduzir o público a uma mudança de atitude em relação ao uso sustentável dos recursos naturais e à valorização da vida em todas as suas formas. Isso demanda abordagens específicas para cada público alvo, associada a identificação de problemas objetivos a serem tratados e solucionados.

Por isso, o programa de educação ambiental e difusão científica do Projeto Caiman usa diferentes formatos para os diversos públicos e objetivos como por exemplo:

• Educação Ambiental nas escolas públicas e privadas.
• Eventos e manifestações culturais.
• Sensibilização através de imagens.
• Turismo científico.
• Capacitação de professores e educadores ambientais para uso dos jacarés como espécie bandeira em ações de educação ambiental nas escolas.
• Mídias sociais.
• Educação ambiental gratuita no Centro Ecológico Projeto Caiman.

Com o passar dos anos as abordagens tradicionais de ensino-aprendizagem foram tornando-se defasadas dando espaço a novas ideias que buscam trabalhar a cooperatividade e a criatividade. O Projeto Caiman não ficou de fora desta. Um jogo de tabuleiro gigante, totens educativos, quebra-cabeças, teatro de fantoches, esqueletos e maquetes são usados para prender a atenção dos alunos conseguindo maximizar a troca de informações. Através da sensibilização ambiental mostramos a possibilidade do desenvolvimento equilibrado, com respeito aos recursos naturais, ao meio ambiente e as gerações futuras.

Centro Ecológico Projeto Caiman, polo de Educação Ambiental, turismo e lazer na cidade de Vitória/ES. Foto: Leonardo Merçon/Projeto Caiman
Centro Ecológico Projeto Caiman, polo de Educação Ambiental, turismo e lazer na cidade de Vitória/ES. Foto: Leonardo Merçon/Projeto Caiman

No ano de 2020, alcançamos a marca de 1 milhão de pessoas diretamente através do programa de educação ambiental e difusão científica do Projeto Caiman. Temos consciência dos desafios que enfrentamos para promover a conservação da espécie de jacaré, que tem suas populações sob forte pressão. Contudo, o aprender a preocupar-se e agir em prol do meio ambiente é gradativo, mas quando o efeito multiplicador ocorre em ampla escala, quebra as barreiras e sensibiliza pais, tios, avós, vizinhos e amigos. Assim, continuamente, a natureza ganha mentes críticas e ecologicamente orientadas.

Antes de você ir embora quero te perguntar, depois deste bate-papo será que conseguimos pensar melhor nas nossas atitudes? Vamos cuidar deste fantástico planeta em que moramos e assim garantir um futuro saudável a todos? 2021 será um ano incrível! Contamos com sua participação e envolvimento nas ações do Projeto Caiman. Juntos construiremos um mundo melhor!

Sobre os autores:

Barbara Mello e Yhuri Nóbrega. Foto: Leonardo Merçon/Projeto Caiman
Barbara Mello e Yhuri Nóbrega. Foto: Leonardo Merçon/Projeto Caiman

Barbara Mello é bióloga, especialista em Educação Ambiental e coordenadora de Educação Ambiental do Projeto Caiman. Yhuri Cardoso Nóbrega é Médico Veterinário, Mestre em Ciência Animal, Diretor do Instituto Marcos Daniel, Coordenador do Projeto Caiman – Jacarés da Mata Atlântica e Docente do curso de Medicina Veterinária FAESA.

O Instituto Marcos Daniel é uma associação privada sem fins lucrativos qualificada como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de interesse Público. Fundado em 2004, o foco de atuação do IMD é a elaboração e execução de projetos de conservação da biodiversidade e a formação de multiplicadores para a conservação da natureza. Neste propósito, temos contado com o apoio institucional de diversos órgãos públicos, universidades, ONGs e empresas, formando uma rede de elevado capital social e ampla capilaridade na sociedade, promovendo assim a conservação do maior patrimônio do Brasil, a sua biodiversidade.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas