A dois meses do verão, orla de Vila Velha precisa de melhorias - ES360

A dois meses do verão, orla de Vila Velha precisa de melhorias

Buracos no piso, lixeiras e brinquedos para recreação infantil depredados são alguns dos exemplos encontrados ao longo do calçadão

Em vários trechos do calçadão, piso podotátil está danificado. Fotos: Chico Guedes
Em vários trechos do calçadão, piso podotátil está danificado. Fotos: Chico Guedes

Calçadão e piso podotátil com buracos, lixeiras depredadas e brinquedos de parquinhos quebrados. A pouco mais de dois meses para o verão, esse é cenário da orla de Vila Velha – de Itaparica a Praia da Costa.

“Eu e minha esposa caminhamos devagar para não acontecer nenhum incidente, mas esses buracos são perigosos, principalmente para nós, idosos”, alerta o morador da praia de Itaparica Elói Audibert, 75 anos.

Cláudia e Isaac reclamam dos diversos buracos no calçadão. Foto: Chico Guedes
Cláudia e Isaac reclamam dos diversos buracos no calçadão. Foto: Chico Guedes

Até o pequeno Isaac Leoni, 5 anos, reclama dos buracos no calçadão. “Atrapalha muito”. A mãe dele completa: “Na segunda-feira, vi quando um senhor não viu o buraco e caiu no chão”, lembra a teóloga Cláudia Leoni.

A falta de iluminação e brinquedos quebrados também são motivos de queixas. O filho da enfermeira Karoline Caetano – Pedro, de 4 anos – não pôde brincar no parquinho nesta terça-feira. “Ele quis ir no gira-gira e no escorrega, mas tive que explicar que estavam quebrados”.

A Secretaria de Serviços Urbanos de Vila Velha afirma que o calçadão deve receber intervenções de reestruturação até o final deste ano, dentro do pacote de requalificação urbana no município.

De acordo com a prefeitura, o calçadão e a faixa destinada aos ciclistas na orla de Itapuã e da Praia da Costa também terão obras de reestruturação no próximo ano, assim como em Itaparica. A atual administração já desenvolve um plano para restaurar a pavimentação do trecho, mas reforça que o calçadão passa por manutenções promovidas pela Secretaria Municipal de Obras, mensalmente.

Desde setembro deste ano, a manutenção dos parquinhos da orla da Praia da Costa e Itapuã passaram a ser de responsabilidade da prefeitura. E um estudo para conservar e promover a manutenção dos cinco espaços de recreação está sendo feito pela administração municipal.

Por 21 anos, os parquinhos da orla foram administrados pela AMPC (Associação de Moradores da Praia da Costa). O líder da associação Gilson Pacheco explicou que devido às dificuldades financeiras da associação, a responsabilidade dos parquinhos foi transferida para a prefeitura.

Mais notícias
Esportes

Para Colômbia, é ‘improvável’ receber voo da Seleção Brasileira

Política

Cartório 'censura' escritura da mansão de Flávio Bolsonaro

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

País

Maioria dos bares respeita restrição no Rio