100 pontes e 300 casas devem ser reconstruídas na região Sul - ES360

100 pontes e 300 casas devem ser reconstruídas na região Sul

A expectativa é que a reconstrução das pontes tenha início na próxima semana. O DER já trabalha no desbloqueio de estradas nos municípios

Exército chegou ontem para ajudar na reconstrução de Iconha. Foto: Prefeitura de Iconha
Exército chegou ontem para ajudar na reconstrução de Iconha. Foto: Prefeitura de Iconha

Cerca de 100 pontes e 300 casas precisarão ser reconstruídas nos municípios do Sul do estado afetados pelas chuvas da semana passada. Segundo o governador Renato Casagrande (PSB), esse é um número aproximado. O levantamento de todos os danos ainda está sendo feito. “Por onde a gente anda, vê ponte destruída. E esse valor (custo) de ponte é alto”, explicou nesta quinta-feira (23) em após visita às cidades. No mesmo dia, pela manhã, 40 militares do Exército chegaram a Iconha para ajudar na recuperação das cidades atingidas.

> Aumentou para 3,1 mil o número de desalojados no Espírito Santo

Casagrande detalhou que as 300 casas que deverão ser reconstruídas são de famílias de baixa renda e que vai precisar de recursos federais para as obras. “Na semana que vem, teremos um documento (com todo o levantamento) e encaminharemos aquilo que é mais importante em termos de infraestrutura”, disse.

> Exército reforça a ajuda às vítimas da chuva

A expectativa é que a reconstrução das pontes tenha início na próxima semana. O DER (Departamento de Estradas de Rodagem) já vem trabalhando no desbloqueio de estradas nos municípios.

Exército nas ruas

Além do efetivo de 40 militares, o Exército enviou ontem oito viaturas operacionais e especializadas, caminhões pipa, caminhões basculante e de transporte de pessoal para a área. As tropas terão como base a cidade de Iconha e poderão ser deslocadas para outros municípios, de acordo com a necessidade, informou a corporação.

Ao todo, 3.269 pessoas continuam fora de casa em Iconha (1.002), Alfredo Chaves (1.107), Vargem Alta (1.051), Anchieta (95) e Rio Novo do Sul (15). Sete pessoas morreram devido às chuvas e uma continua desaparecida.

Em Iconha, Alfredo Chaves e Vargem Alta ainda há comunidades isoladas, e o restabelecimento de água e energia continua sendo feito.

Choveu forte, ontem, na região Norte. Em Aracruz, 16 pessoas tiveram que deixar suas casas devido a alagamentos, mas puderam retornaram à tarde. Em João Neiva e em Alto Rio Novo, também houve registro de alagamentos.

A previsão para os próximos dias ainda é de temporais para todas as regiões do estado.

Mais notícias
Dinheiro

Acumulada, Mega-Sena sorteia R$ 50 milhões neste sábado

Bem-estar

12 estados elevam restrições: DF, BA, PR, RS e SC fecham lojas

Dia a dia

Covid-19: taxa de isolamento social cai para 31% no ES

País

Brasil tem recorde de mortes por covid pelo 3º dia seguido